Remédio para Dor de Garganta e Garganta Inflamada

Artigo em versão de áudio. Ouça:

Quem nunca sentiu aquela incômoda dor de garganta que persiste por dias, não é mesmo? Geralmente indicando doenças ou inflamações, a garganta inflamada tem como causas mais comuns gripes ou resfriados, laringite, amigdalite e outras inflamações. Porém, a dor de garganta muitas vezes também pode estar associada à certas irritações e lesões causados pelo tabagismo, poluição do ar, baixa imunidade e até mesmo refluxo de ácido estomacal.

Doenças como gripe ou amigdalite são as causas mais comuns que favorecem a inflamação da nossa garganta, processo este que gera sintomas bastante incômodos e irritantes, como dificuldade para engolir e uma tosse irritativa e seca, além da ardência na região. Qual será o melhor remédio para dor de garganta e garganta inflamada?

Gargantinha: Melhor prevenir do que remediar

Existe uma série de remédios para dor de garganta e garganta inflamada que combate o problema de maneira eficiente. Alguns remédios caseiros, como o gargarejo com água morna e sal, são amplamente utilizados quando o problema está no início. Porém, caso a dor e a inflamação permaneçam, é importante que você tente observar se há pus na garganta, além de passar por uma consulta e avaliação médica, pois o profissional qualificado tem condições tem indicar o tratamento adequado à situação. Dos remédios que combatem o problema que são encontrados nas farmácias, destacam-se o Ibuprofeno e o Penicilina (antibiótico).

O que Fazer para Combater a Dor de Garganta

Alho para dor de garganta

Inclua o infográfico em seu site/blog copiando e colando o código:

Algumas precauções podem ser tomadas a fim de se combater o problema da garganta inflamada, como procurar repousar por 3 dias, caso haja febre. A febre é um sinal de que a garganta está infeccionada, e é importante que você repouse e não exerça grande esforço físico. Portanto, tirar licença do trabalho e não ir à universidade ou à escola (no caso das crianças) pode ser necessário, pois repousar em casa, tomando os devidos cuidados, possibilita que as defesas do organismo aumentem, levando à um combate mais eficaz por parte do nosso corpo à inflamação e à dor de garganta.

Dor de garganta

Inclua o GIF em seu site/blog copiando e colando o código:

A Diferença Entre Amigdalite Viral e Bacteriana

amigdalite-viral-bacteriana

Remédio para Dor de Garganta e Garganta Inflamada

Remédios para dor de garganta

Como visto neste artigo, são diversas as causas que podem levar à inflamação e à dor de garganta, como a baixa imunidade, lesões, bactérias na garganta, refluxo de ácido estomacal, um machucado (como um corte) e até mesmo a Síndrome da Fadiga Crônica, causadora de um extremo cansaço. Por existir uma gama de causas que podem resultar na inflamação e dor de garganta, o tratamento para o problema varia de acordo com a situação, e é importante que você busque auxílio médico para receber o diagnóstico. O especialista pode indicar qual remédio é o mais indicado para a situação, assim como a dosagem correta do medicamento e a duração do tratamento.

ATENÇÃO: jamais consumo um medicamento sem indicação médica. Saúde não é brincadeira. Atente-se à composição dos remédios e passe por uma avaliação de um especialista, pois este está apto a indicar o melhor tratamento para você.
Os medicamentos mais popularmente utilizados no tratamento do problema são:

ASS Infantil:

O princípio ativo do ASS é o Ácido Acetilsalicílico, e este medicamento é indicado para o alívio sintomático de dores com intensidade variável de leve à moderada, como dor de cabeça, dor muscular, dor de dente e dor nas articulações, além da dor de garganta. Ele também alivia sintomaticamente a dor e a febre das gripes e resfriados.

Contraindicação: esse medicamente é contraindicado para pessoas que têm alergia ao ácido acetilsalicílico ou a qualquer outro ingrediente presente em sua composição. O seu consumo também é contraindicado para aqueles que sofrem de úlcera no estômago e asma brônquica, além de outras situações que devem ser pesquisadas antes do seu consumo. Mulheres gestantes também não devem utilizar o ASS Infantil sem orientação médica.

Alivium:

Confira os melhores preços de ALIVIUM aqui.

O princípio ativo do Alivium é o Ibuprofeno, o seu uso é oral e deve ser feito somente por adultos. Esse remédio é indicado para o alívio dos sinais e sintomas de artrite reumatoide, osteoartrite e reumatismo articular, além do alívio dos traumas relacionados ao sistema musculoesquelético, quando estiverem presentes componentes inflamatórios e dolorosos. Alivium também alivia as dores após procedimentos cirúrgicos ginecolóficos, odontológicos e ortopédicos, dentre outros. Suas propriedades anti-inflamatórias, antipiriéticas e analgésicas são eficientes no combate à dor de garganta.

Contraindicação: Alivium é contraindicado para indivíduos que possuem hipersensibilidade ao ibuprofeno, a qualquer componente da fórmula, e/ou a outros anti-inflamatórios não-esteroides, como nimesulida, ácido acetilsalicílico e diclofenaco sódico. Pessoas que possuem alergia à tríade do ácido acetilsalicílico (asma brônquica, rinite e intolerância ao ácido acetilsalicílico) também não devem ingerir Alivium. Procure um médico antes de iniciar o tratamento, pois ele saberá se você pode ou não consumir este medicamento.

Azitromicina:

Confira os melhores preços de AZITROMICINA aqui.

A Azitromicina é um antibiótico da classe dos macrolídeos, frequentemente utilizado no tratamento de infecções respiratórias, diarreias, doenças sexualmente transmissíveis e outras doenças infecciosas. A Azitromicina é uma boa opção de medicamento que trata infecções como pneumonia, amigdalites (dor de garganta), diarreias infecciosas, acne e cólera, dentre outras.

Contraindicação: Azitromicina é um medicamento que não deve ser consumido por pessoas com problemas hepáticos, principalmente hepatite ou cirrose.

Benalet:

De uso oral e indicado para adultos e pessoas acima de 12 anos, Benalet é um medicamento indicado como auxiliar no tratamento de sintomas como tosse, irritação de garganta e faringite, provocados por complicações das vias aéreas superiores. Esse antialérgico diminui a sensação de irritação da garganta e da faringe, aliviando o processo inflamatório na área. Ele também melhora a congestão nasal e a congestão dos brônquios.

Contraindicação: o medicamento é contraindicado para pessoas que possuem alergia a qualquer componente de sua fórmula, glaucoma de ângulo agudo, deficiência da função hepática ou renal, epilepsia, hipertrofia prostática, síndrome de QT longo congênita, hipomagnesemia, bradicardia, hipocalemia, feocromocitoma, arritmias cardíacas, ataque asmático agudo e/ou diabetes. Mulheres que estejam amamentando também não devem consumir Benalet, pois o remédio possui cloridrato de difenidramina, que pode ser passado ao recém-nascido através do leite materno, causando reações adversas. Pessoas que sofrem de diabetes ou que têm idades inferiores a 12 anos também não devem fazer uso de Benalet.

Cataflam:

Confira os melhores preços de CATAFLAM aqui.

Cataflam é um popular analgésico e anti-inflamatório cujo princípio ativo é o Diclofenaco Ácido Livre e que pode ser utilizado no tratamento de dores e inflamações no pós-operatório, distensões, lesões, dores reumáticas das articulações, crises de gota, infecções de garganta, de nariz e de ouvido, dentre outros.

Contraindicação: Cataflam é contraindicado para pessoas que têm alergia ao diclofenaco ou a qualquer outro componente presente na fórmula. Indivíduos que sofrem de úlcera no intestino ou no estômago, assim como aqueles que sofrem de doenças graves nos rins ou no fígado ou insuficiência cardíaca grave e mulheres que estão nos últimos três meses de gestação não devem ingerir Cataflam.

Coristina D:

Confira os melhores preços de CORISTINA D aqui.

O princípios ativos de Coristina D são Ácido Acetilsalicílico, Maleato De Dexclorfeniramina, Cloridrato De Fenilefrina e Cafeína. O medicamento é indicado para o tratamento dos sintomas do resfriado comum e da gripe (dor de cabeça, dor no corpo, febre, coriza, espirros e obstrução nasal). Ele combina a ação analgésica e antipirética do ácido acetilsalicílico com a ação antialérgica do maleato de dexclorfeniramina (eficaz no combate à coriza e espirros) com cloridrato de fenilefrina (eficaz no alívio da obstrução nasal) e a ação revigorante da cafeína. A cafeína presente na fórmula tem a função de compensar a sonolência que pode ocorrer com o componente anti-histamínico.

Contraindicação: Coristina D é contraindicado para pessoas menores de 12 anos. Pessoas que têm ou tiveram qualquer alergia ou alguma reação incomum a qualquer um dos componentes da fórmula do medicamento, assim como aquelas que são portadores de glaucoma de ângulo fechado, pressão alta grave, retenção urinária, hemofilia, doença cardíaca coronariana (angina ou infarto), hipertireoidismo (hiperfunção da glândula tireoide), úlcera no estômago ou no duodeno com hemorragia ou transtornos hemorrágicos. O medicamento também não deve ser utilizado junto ao consumo de álcool, antidepressivos tricíclicos ou outros depressores do sistema nervoso central e/ou barbitúricos.

Fenaflan D:

Confira os melhores preços de FENAFLAN D aqui.

Fenaflan D, cujo princípio ativo é o Diclofenaco, é um medicamento indicado para diversos tratamentos de curto prazo das seguintes condições agudas: dor e inflamação no pós-operatório (após cirurgias ortopédicas ou odontológicas, por exemplo), estados dolorosos inflamatórios pós-traumáticos (causados por entorses, por exemplo), crise aguda de gota, agudização do quadro de osteoartrite, reumatismo não articular (na fase aguda), síndromes dolorosas da coluna vertebral, condições dolorosas e/ou inflamatórias em ginecologia (dismenorreia primária ou inflamação dos anexos uterinos, por exemplo). Ele também é utilizado como adjuvante no tratamento de processos infecciosos graves acompanhados de dor e inflamação de garganta, de ouvido e de nariz.

Contraindicação: Fenaflan D é contraindicado para pessoas que sofrem de úlcera gástrica ou intestinal, pessoas que possuem hipersensibilidade à Diclofenaco ou a qualquer outro componente presente na sua fórmula. Indivíduos que têm crises de asma, urticária e/ou rinite aguda devem evitar o consumo de Fenaflan D.

Flogoral:

Confira os melhores preços de FLOGORAL aqui.

O seu princípio ativo é o Cloridrato De Benzidamina, e ele pode ser usado por adultos e crianças acima de 6 anos de idade. O seu uso é tópico, destinado à gargarejos e bochechos, não podendo ser ingerido. O medicamento visa tratar os processos inflamatórios e dolorosos da garganta e da boca, pois apresenta propriedades anti-inflamatória, anestésica e analgésica. Flogoral possui efeito de tripla ação, atuando como anti-inflamatório, analgésico e anestésico bucal devido à benzidamina, que exerce o efeito direto nas células onde existe o processo inflamatório. Esse remédio age onde é necessário nos tecidos inflamados, apresentando efeitos que se manifestam somente nas áreas alteradas, ajudando a curar o local inflamado.

Contraindicação: pessoas que têm alergia ao cloridrato de benzidamina ou aos demais componentes da fórmula devem evitar o uso de Flogoral. Mulheres grávidas também não devem fazer uso de Flogoral sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Paracetamol Criança (suspensão):

Paracetamol é utilizado para a redução da febre e para o alívio temporário de dores leves ou moderadas, tais como: dores decorrentes de gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor de dente, dor de garganta e reações pós-vacinais.

Contraindicações: Pessoas com hipersensibilidade ao paracetamol ou aos outros componentes presentes na fórmula devem evitar o consumo do medicamento.

Mentol:

Confira os melhores preços de MENTOL aqui.

O mentol é uma substância amplamente presente nas pastilhas voltadas ao tratamento de dor de garganta, seja ela sozinha ou combinada com outras substâncias ativas. O mentol apresenta propriedades anestésicas em sua composição, apesar dele não ter sido estudado especificamente para o tratamento sintomático da inflamação da garganta. Mentol é uma opção válida e com baixíssima taxa de efeitos colaterais para pessoas que procuram alívio de dor de garganta em casos leves a moderados.

Ambroxol:

Confira os melhores preços de AMBROXOL aqui.

Ambroxol é um anestésico local e bastante eficiente no combate à dor de garganta, principalmente a causada por vírus ou alergia. As pastilhas que contém Ambroxol são comprovadamente efetivas no alívio da dor de garganta moderada a grave. O efeito do medicamento costuma ter o seu pico após 30 minutos e chega a durar até 3 horas.

Este tratamento costuma ser bem tolerado, apesar de alguns pacientes queixarem-se de dormência da língua ou na cavidade bucal e alterações temporárias na percepção do paladar.

Benzidamina:

Confira os melhores preços de BENZIDAMINA aqui.

A benzidamina é uma substância com propriedades anti-inflamatórias e anestésicas amplamente presentes em pastilhas que combatem dor de garganta. Estudos clínicos comprovam a eficácia do medicamento no controle da dor. O efeito colateral mais comum é uma dormência temporária na boca.

Sprays para dor de garganta:

Grande parte dos medicamentos existentes em pastilhas também pode ser encontrada em sprays para dor de garganta. Em geral, as pastilhas têm eficácia superior, sendo o spray a melhor opção quando há risco do paciente se engasgar com as pastilhas, como no caso de crianças pequenas. O spray de mel com própolis, encontrado à venda nas farmácias, pode ser aplicado de 3 a 4 vezes por dia.

Remédios Caseiros para Dor de Garganta e Garganta Inflamada

Remédios caseiros para dor de garganta

Além dos remédios industrializados e vendidos em farmácias e drogarias, há a possibilidade de se tratar a dor e a garganta inflamada por meio de remédios caseiros. Conheça alguns deles e aprenda a fazê-los.

Gargantinha alertando para os remédios caseiros

Gargarejo com água morna e sal:

Essa solução caseira possui propriedades antimicrobianas que eliminam os microrganismos presentes na garganta e ajudando a diminuir os sintomas.

Chá de limão com mel e gengibre:

Prepare o chá em casa e tome duas vezes ao dia. Essa bebida possui propriedades que combatem as bactérias, além de ser uma rica fonte de Vitamina C graças ao limão, que fortalece as defesas naturais do nosso organismo. Para prepará-lo basta que você acrescente uma xícara de água fervente, um limão fatiado e um pouco de gengibre. Deixe os ingredientes em uma caneca com a água quente tampada por cerca de 15 minutos. Em seguida, coe e adoce com mel.

Chá de malva, sálvia ou alteia:

Esse chá possui propriedades anti-inflamatórias que lubrificam a garganta, proporcionando o alívio dos sintomas. Para fazê-lo, adicione uma colher (sopa) da erva escolhida em uma xícara de água fervente.

Vitamina de morango com mel:

O morango é fonte de vitamina C, propriedade que ajuda a aumentar as defesas do nosso organismo. Já o mel lubrifica a garganta, contribuindo para a redução da dor e da inflamação da garganta. Faça essa vitamina batendo no liquidificador um copo de leite e seis morangos. Acrescente uma colher (sopa) de mel.

Gargarejo de água morna com limão e sal:

Faça uma mistura de água morna, limão e uma pitada de sal em um copo. Gargareje por dois minutos, duas vezes ao dia.

Chá de casca de romã:

O chá de cascas de romã não deve ser tomado, e sim utilizado para se fazer gargarejo. Ferva 6 gramas de cascas de romá com 150 ml de água.

Suco de acerola:

A acerola é uma fruta rica em vitamina C. Tome suco de acerola todos os dias, pois isso ajuda no combate à inflamação da garganta.

Mel com própolis:

Tome uma colher (sopa) de mel com 5 gotas de extrato de própolis diariamente.

Remédios para Dor de Garganta de Crianças

medical exam

Para os pequenos, há algumas opções de tratamentos para dor de garganta e garganta inflamada. Conheça alguns deles.

Sucos de frutas cítricas:

Frutas cítricas como o abacaxi, a acerola, a laranja, o limão, o morango e o maracujá, quando estão em temperatura ambiente, podem ajudar a manter a garganta hidratada e fortalecer o organismo das crianças.

Balas de gengibre:

Chupar bala de gengibre é um bom modo de combater a dor de gargante, pois as balas de gengibre são um bom anti-inflamatório natural que podem combater a dor de garganta e a garganta inflamada.

Água à temperatura ambiente:

Beber água em temperatura ambiente também pode ajudar no combate à dor de garganta.

Medicamentos populares:

Remédios como o paracetamol ou ibuprofeno também são ótimas opções para se combater a dor de garganta, mas deve-se consultar o médico antes, pois a dose do remédio depende do peso e idade de cada criança.

ATENÇÃO: a aspirina infantil não deve ser consumida por crianças, pois um dos seus componentes está associado à uma doença rara e grave chamada Síndrome de Reye.

Dor de Garganta e Garganta Inflamada: Prevenção e Dicas para o Problema

dor_de_garganta

Apesar da dor de gargante não ter uma prevenção específica, há certos cuidados que podemos ter para evitar a infecção, como:

– Lavar as mãos com frequência, principalmente após ter contato com pessoas que estão doentes, grandes aglomerações e lugares como hospitais e postos de saúde.

– Manter a distância de agentes irritantes, como a poluição e o cigarro, que causam dor de garganta.

– Não forçar as cordas vocais.

– Evitar respirar pela boca.

– Não fuma nem utilizar produtos com tabaco, e evitar a exposição ao fumo passivo.

– Cuidar do nariz entupido. Usar descongestionantes receitados pelo médico ou realizar a lavagem do nariz são passos importantes.

– Tomar cuidado com a mudança brusca de temperatura.

– Beber bastante água para evitar a desidratação e manter a garganta úmida.

Alimentos indicados

No caso de você estar com dor de garganta ou com a garganta inflamada, dê preferência aos alimentos líquidos e pastosos como sopas, caldos e purês. Evite consumir alimentos e líquidos gelados. Esses cuidados ajudam a reduzir a dor e o desconforto ao se engolir.

Considerações Finais

Como visto neste artigo, as causas para dor de garganta e garganta inflamada são várias. É importante, portanto, que você busque auxílio médico, caso os sintomas persistam. Para que você saiba um pouco mais sobre a dor de garganta, separamos alguns sintomas de garganta inflamada. Confira:

– Desconforto na garganta

– Tosse seca e irritativa

– Dor de garganta ao falar ou engolir

– Garganta com vermelhidão e inchada

– Febre inferior a 38.3ºC, caso exista infecção na garganta causada por um vírus

– Febre alta, superior a 38.3ºC, caso a infecção seja causada por uma bactéria

– Mau hálito e ínguas no pescoço

As causas mais comuns da dor de garganta são gripes, resfriados, amigdalite, laringite e faringite. A irritação na garganta também pode causar dor, assim como a inalação de substâncias tóxicas. Consumir bebidas alcoólicas de maneira exagerada também pode causar o problema, assim como ter refluxo dos alimentos na garganta. Com o uso feito da maneira correta dos remédios prescritos pelo médico, as medidas apresentadas nesse artigo podem garantir que a inflamação da garganta passe em até 3 dias. Jamais utilize medicamentos sem o acompanhamento de um profissional da área da saúde.

CONFIRA ESTE VÍDEO:

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (15 votos, média: 4,13 de 5)
Loading...