Conheça a Tireoide e Seu Tratamento

TIREOIDE

Normalmente nós ouvimos sobre tratamentos para tireoide, como se a tireoide fosse a própria doença em si, entretanto a tireoide não é uma doença, e sim uma glândula que regula a função de órgãos importantes como o coração, o cérebro, o fígado e os rins. Ela produz os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina). Dessa forma, garante o equilíbrio do organismo.

Este é um dos inúmeros casos em que nós conhecemos um termo médico de tanto ouvirmos falar, mas normalmente não sabemos nada, ou quase nada, sobre o assunto. O fato de muitos de nós confundirmos o nome da glândula com o nome da doença que a aflige é apenas uma das evidências de nossa visível ignorância sobre o assunto. Para combatermos este e muitos outros mal entendidos, abaixo citaremos algumas informações relevantes para uma melhor compreensão sobre a glândula. Conheça a tireoide e seu tratamento.

O Que Exatamente é a Tireoide e Para Que Serve?

A glândula tireoide está localizada abaixo da maçã de Adão enrolada em torno da traqueia (traqueia). Uma fina área de tecido no meio da glândula, conhecida como o istmo, junta os dois lóbulos da tireoide em cada lado. A tireoide usa iodo para produzir hormônios vitais. A tiroxina, também conhecida como T4, é o hormônio primário produzido pela glândula. Após o parto através da corrente sanguínea para os tecidos do corpo, uma pequena porção do T4 liberado da glândula é convertida em triodotironina (T3), que é o hormônio mais ativo.

TRATAMENTO DA TIREOIDE

A função da glândula tireóidea é regulada por um mecanismo de feedback envolvendo o cérebro. Quando os níveis de hormônio da tireoide são baixos, o hipotálamo no cérebro produz um hormônio conhecido como hormônio liberador de tirotrofina (TRH) que faz com que a glândula pituitária (localizada na base do cérebro) libere hormônio estimulante da tireoide (TSH). O TSH estimula a glândula tireoide a liberar mais T4.

Através dos hormônios que produz, a glândula tireóidea influencia quase todos os processos metabólicos em seu corpo. Os distúrbios da tireoide podem variar de um bócio pequeno e inofensivo (glândula alargada) que não precisa de tratamento para câncer com risco de vida. Os problemas de tireoide mais comuns envolvem produção anormal de hormônios tireoidianos. Muito hormônio da tireoide resulta em uma condição conhecida como hipertireoidismo. Produção hormonal insuficiente leva ao hipotireoidismo.

Embora os efeitos possam ser desagradáveis ​​ou desconfortáveis, a maioria dos problemas de tireoide pode ser bem gerenciada se for devidamente diagnosticada e tratada.

O Que São Problemas de Tireoide?

Os distúrbios da tireoide são condições que afetam a glândula tireóidea, uma glândula em forma de borboleta na parte frontal do pescoço. A tireoide tem papéis importantes para regular numerosos processos metabólicos em todo o corpo. Diferentes tipos de distúrbios da tireoide afetam a estrutura ou a função.

O QUE É TIREOIDE

Quais São os Distúrbios da Tireoide?

Os distúrbios da tireoide são condições que afetam a glândula tireóidea, uma glândula em forma de borboleta na parte frontal do pescoço. A tireoide tem papéis importantes para regular numerosos processos metabólicos em todo o corpo. Diferentes tipos de distúrbios da tireoide afetam a estrutura ou a função.

Uma vez que a glândula tireóidea é controlada pela glândula pituitária e hipotálamo, distúrbios desses tecidos também podem afetar a função tireoidiana e causar problemas na tireoide. Os distúrbios da tireoide incluem:
Hipotireoidismo – O hipotireoidismo resulta da glândula tireóidea produzindo uma quantidade insuficiente de hormônio da tireoide. Pode desenvolver-se a partir de problemas dentro da glândula tireóidea, glândula pituitária ou hipotálamo. Os sintomas do hipotireoidismo podem incluir fadiga, pouca concentração e sensação de mente confusa, pele seca, prisão de ventre, sensação de frio, retenção de fluidos, dores musculares e na articulação, depressão, hemorragia menstrual prolongada ou excessiva em mulheres e hipertireoidismo.

O hipertireoidismo descreve a produção excessiva de hormônio da tireoide, uma condição menos comum do que o hipotireoidismo. Os sintomas do hipotireoidismo geralmente se relacionam com o aumento do metabolismo. Em casos leves, pode não haver sintomas aparentes. Sintomas e sinais de hipertireoidismo podem incluir tremores, nervoso, frequência cardíaca acelerada, fadiga, intolerância ao calor, aumento dos movimentos intestinais, problemas de concentração, perda de peso involuntária, bócio, nódulos e câncer de tireoide.

TOSSE

Um bócio simplesmente descreve o alargamento da glândula tireóidea, independentemente da causa. Um bócio não é uma doença específica per se. Ele pode estar associado a hipotireoidismo, hipertireoidismo ou função tireoidiana normal.

Nódulos, por sua vez, são grumos ou massas anormais dentro da tireoide. Os nódulos podem ser causados ​​por cistos benignos, tumores benignos ou, menos comumente, por câncer de tireoide. Os nódulos podem ser individuais ou múltiplos e podem variar em tamanho. Se os nódulos são excessivamente grandes, eles podem causar sintomas relacionados à compressão de estruturas próximas.

O câncer de tireoide é muito mais comum entre mulheres adultas do que homens ou jovens. Cerca de 2/3 dos casos ocorrem em pessoas com idade inferior a 55 anos. Existem diferentes tipos de câncer de tireoide, dependendo do tipo de célula específica dentro da tireoide que se tornou cancerosa. A maioria dos casos de câncer de tireoide tem um bom prognóstico e altas taxas de sobrevivência, especialmente quando diagnosticado em estágios iniciais.

Tratamentos da Tireoide

Para os distúrbios da tireoide decorrentes da produção inadequada de hormônios tireoidianos, tratamentos convencionais e alternativos oferecem métodos variados para tentar restaurar os níveis hormonais para o equilíbrio adequado. Os tratamentos convencionais dependem principalmente de drogas e cirurgia. Os tratamentos da tireoide alternativos tentam aliviar alguns dos desconfortos associados aos problemas da tireoide ou melhorar a função da glândula tireoide através de abordagens que vão desde suplementos de dieta e remédios de ervas até mudanças de estilo de vida e exercícios especiais.

Doctor with stethoscope in a hospital

Você sempre deve receber uma avaliação médica do seu médico para qualquer distúrbio da tireóidea; A maioria dessas condições requer tratamento além do alcance dos cuidados domiciliários sozinhos.

O tratamento do hipertireoidismo requer a supressão do fabrico do hormônio da tireoide, enquanto o hipotireoidismo exige a substituição hormonal. A medicina convencional oferece técnicas extremamente eficazes para diminuir, eliminar ou suplementar a produção hormonal. Antes de decidir qual é o melhor tratamento para você, seu médico fará uma avaliação com base em sua condição específica da tireoide, bem como sua idade, saúde geral e histórico médico.

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda)
Loading...