A vitamina H é uma das vitaminas que integram o complexo B, essencial para que nossas células funcionem de maneira adequada, já que a substância se relaciona diretamente com o metabolismo energético, convertendo os alimentos que a gente consome em energia.

As células intestinais são capazes de produzir vitamina H em pequena quantidade, sendo que a substância pode ser obtida em sua maior parte através de uma alimentação equilibrada. Dentre os benefícios ofertados pela vitamina H, podemos citar sua ação indireta para a perda ou manutenção de peso, além da contribuição para a saúde dos cabelos, unhas e pele.

A vitamina H é solúvel em água, e a sua reposição deve ser feita diariamente, já que nosso corpo não pode armazená-la. Dentre as principais funções desempenhadas por esta vitamina é a sua contribuição na quebra dos carboidratos, gorduras e proteínas em menores unidades, possibilitando assim que a energia essencial para a vida seja gerada.

neuronios

Quando absorvida pelo nosso sistema digestivo, a vitamina H é conduzida até os tecidos por meio da circulação sanguínea. Depois, a vitamina H participa do processo de formação da glicose, que é utilizada em diversos processos metabólicos que ocorrem no nosso organismo.

Presente nos alimentos que são fontes de gorduras, proteínas e carboidratos, o consumo de vitamina H é fundamental para a manutenção da saúde. Sem ela nós não somos capazes de produzir energia para a realização das atividades diárias, sejam elas de natureza física ou mental. Também é sabido que a vitamina H interfere no crescimento e manutenção de saúde dos cabelos, unhas, ossos e pele, além dela participar do metabolismo energético, atuando no processo de perda ou manutenção do peso.

Benefícios da Vitamina H

A seguir, confira os benefícios garantidos pela vitamina H:

Ajuda na perda de peso: apesar de não ser milagrosa, a vitamina H contribui para quem quer perder ou manter o peso, já que, como visto anteriormente, ela converte as gorduras, proteínas e carboidratos em moléculas de glicose. Deste modo, os alimentos que ingerimos são imediatamente convertidos em energia para as células.

O processo acontece da seguinte forma: o excesso de calorias que nós consumimos é convertida em gordura. Uma enzima chamada de acetil-CoA carboxilase, que contém vitamina H, tem sua atividade alterada, podendo resultar na redução da quantidade de gordura que foi sintetizada para o armazenamento. A gordura que iria para o estoque é então direcionada para ser utilizada imediatamente por nosso corpo como fonte de energia. Deste modo, a vitamina H contribui para o processo de oxidação das gorduras, ou seja, a substância permite que o metabolismo trabalhe de forma mais acelerada, queimando a gordura de modo mais rápido.

Outro benefício da vitamina H para o emagrecimento é que ela ajuda a diminuir a sensação de cansaço que geralmente acompanha as dietas restritivas e intensas atividades físicas. Assim, há maior disposição para a prática dos exercícios e também para se seguir a dieta.

Controla a glicose: a vitamina H é necessária para que a glicose seja sintetizada por uma enzima, processo que regula as taxas de glicose no sangue quando não há presença de carboidratos. Desta forma, a vitamina H contribui para a regularização dos níveis de açúcar na circulação, efeito que contribui para o metabolismo de insulina e, consequentemente, para a prevenção do diabetes e para um menor acúmulo de gordura. A vitamina H também ajuda a controlar o apetite.

glicose

Segundo um estudo publicado no British Journal of Nutrition em 2013, os pesquisadores puderam observar que ratos com diabetes que receberam suplementação de vitamina H apresentaram redução nos níveis de cortisona e glicose, enquanto a concentração séria de insulina permaneceu elevada. Ainda segundo outra pesquisa que o Diabetes Technology and Therapeutics publicou, elevadas doses de vitamina H, quando combinadas com medicamentos e cromo, contribuem para um melhor controle da glicose naqueles que sofrem de diabetes, principalmente nos casos em que as pessoas apresentam dificuldade de controlar a glicose apenas com medicamentos.

É importante para os atletas: apesar de todas as pessoas necessitaram de vitamina H, os atletas profissionais ou praticantes de atividades físicas de média e alta intensidade necessitam de maiores doses do nutriente para a manutenção da saúde e do peso. A necessidade é devido ao fato de alta concentração de vitamina H contribuir para a desintoxicação do corpo por meio da eliminação do gás carbônico que se concentra nos pulmões.

Além da vitamina H beneficiar para que as células funcionem de maneira equilibrada e saudável, ela também ajuda a reparar os danos mais leves que são resultado do excesso de radicais livres que a atividade física gera. Alguns atletas e fisiculturistas também sofrem maiores riscos de sofrer deficiência de vitamina H por causa do hábito de se consumir claras de ovo cruas ou pouco cozidas. Por conter avidina, uma glicoproteína que dificulta a absorção da vitamina H. Portanto, para que o crescimento muscular e a digestão não sofram dificuldades, o consumo diário de ovos crus não deve ultrapassar 20 gramas.

Reduz o colesterol: por desempenhar uma função hipocolesterolêmica, a vitamina H também é capaz de reduzir o colesterol, isto por ela ser capaz de atuar no controle das taxas do colesterol ruim, o LDL, que se deposita nas artérias, podendo causar arteriosclerose. Por ainda reduzir o triglicérides na circulação sanguínea, esta vitamina ajuda a prevenir as complicações cardíacas, como o infarto e as inflamações.

Fortalece e beneficia as unhas: por serem constituídas por queratina, as unhas, assim como os cabelos e a pele, são beneficiadas pela vitamina H, já que esta atua na produção da queratina. Deste modo, o consumo de vitamina H estimula o crescimento e o fortalecimento das unhas, ajudando a combater unhas quebradiças e frágeis.

É fundamental para os músculos: a vitamina H contribui para a regeneração e crescimento do tecido muscular. Ao executarmos uma série na academia ou ao corrermos na rua, nossos tecidos musculares são lesionados, fazendo com que a recuperação seja fundamental para a hipertrofia e para a garantia de que poderemos treinar dentro de um curto período de tempo. Evidência científicas apontam que a vitamina H contribui de forma indireta para a obtenção de forma e redução de inflamações, muitas vezes responsáveis por dores nas articulações e músculos.

É saudável para a pele: o envelhecimento precoce é um dos malefícios da alimentação nos dias de hoje, já que consumimos muitos alimentos industrializados e poucos vegetais, hábito que facilita o excesso de radicais livres no nosso organismo. Os radicais livres são algo vital para o metabolismo, mas também reduzem a nossa vitalidade, colaborando assim para a vermelhidão na pele, que fica mais enrugada e com menos vitalidade.

Uma mudança nos hábitos alimentares é essencial para a obtenção diária de vitamina H, contribuindo assim para o combate dos radicais livres e uma pele mais nutrida e saudável, já que esta necessita de carboidratos para que as células sejam alimentadas, permitindo que o colágeno seja sintetizado a partir dos aminoácidos e que o metabolismo se torne mais eficiente, contribuindo para uma pele livre de acnes, rachaduras, ressecamentos e infecções.

Ajuda a proteger a função cerebral: a vitamina H também beneficia o sistema nervoso, já que ela atua nas atividades dos neurotransmissores. A ciência já constatou que a vitamina H influencia a memória e contribui para que a gente se projeta de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer e o Parkinson.

Deficiência de Vitamina H

Apesar de rara, a deficiência de vitamina H pode atingir algumas pessoas. Dentre os seus sintomas, podemos citar a ocorrência de cãibras, sensação de cansaço, ressecamento da pele, vermelhidão na região do nariz e lábios, além de cabelos e unhas mais frágeis. Além dos atletas, pessoas fumantes, alcoólatras e mulheres grávidas, bem como pessoas que sofrem de doenças hepáticas, correm mais risco de sofrerem de deficiência de vitamina H.

fontes-vitamina-H-2

Fontes de Vitamina H

São fontes de vitamina H alimentos como carne vermelha, fígado, ovo, levedura, salmão, queijo, pão integral, amendoim, amêndoa, acelga, couve-flor e abacate.

Suplementação de Vitamina H

A vitamina H pode ser encontrada em forma de suplementos e multivitamínicos. A suplementação de vitamina H é indicada para aqueles que querem emagrecer ou que praticam intensas atividades físicas, desde que sob orientação de um médico ou nutricionista. Para que os benefícios da vitamina H sejam aproveitados, entretanto, é preciso que seu consumo esteja associado à ingestão das demais vitaminas que integram o complexo B.

Vitamina H: Benefícios e Alimentos que a Contém
4 (80%) 4 votos

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES
Cuide da sua saúde.
Receba nossos novos artigos em seu e-mail e fique sempre informado!

2 COMENTÁRIOS

  1. No artigo está escrito: “…vitamina H, quando combinadas com medicamentos e cromo…” Este cromo se refere a cromoterapia ou significa outra coisa?

Comente