Acnes: Sintomas, Causas e Tratamentos

Imagine a situação: namorada nova, primeiro encontro, nervos à flor da pele e toda uma preocupação com sua aparência para esta ocasião tão especial, entretanto quando você chega em frente ao espelho do banheiro, lá está ela, uma terrível e enorme acne! Não é uma situação tão difícil de imaginar, pois creio que todos nós já passamos por esta ou outras situações similares, contudo precisamos concordar que isto é algo realmente horrível de se acontecer!

Se isso aconteceu com você, provavelmente a solução mais rápida, e provavelmente a mais desesperada, foi tentar remover a acne na base da unhada, o que provavelmente não a removeu por completo e ainda por cima deixou uma marca vermelha em seu rosto que pode perdurar por semanas. Essa história parece ficar mais triste a cada parágrafo que evolui, mas se este foi o seu caso, é para você que estamos escrevendo este texto. Lamentações à parte, hoje é um novo dia, e pode ficar ainda melhor com algumas dicas que exibiremos aqui para deixar sua pele limpa e reluzente para que, se não seu encontros, sua autoestima esteja sempre em alta!

A seguir, saiba mais sobre acnes: sintomas, causas e tratamentos.

acnes

O Que É Uma Acne?

Primeiramente, antes de tratarmos o problema, precisamos saber o como ele surge. A acne é principalmente uma condição hormonal conduzida por hormônios masculinos ou “androgênicos”, que normalmente se tornam ativos durante a adolescência. A sensibilidade a esses hormônios, combinada com bactérias na pele e ácidos graxos dentro das glândulas de óleo, causa acne. Os locais comuns para a acne são o rosto, o peito, os ombros e as costas – os locais das glândulas de óleo.

Quais São Suas Causas?

Uma pele oleosa combinada com o acumulo de bactérias é, com certeza um dos maiores fatores, senão o maior, para a criação de acnes, entretanto existem algumas outras situações que podem agravar a condição, incluindo:

  • Os níveis de hormônio flutuante em torno do tempo da menstruação (mulheres)
  • Vestuário (por exemplo, chapéus e capacetes esportivos) e chapelaria
  • A ingestão de certos medicamentos, tais como corticoides, hormônios (andrógenos), lítio ou vitamina B12.

causas acnes

Como a Acne Pode Ser Prevenida?

Para evitar acne e reduzir seus danos à sua pele, siga estas dicas.

  • Escolha um limpador especialmente formulado para acne. Esses produtos geralmente contêm ácido salicílico ou peróxido de benzoíla, que ajudam a limpar as feridas de acne.
  • Limpe seu rosto suavemente, já que o trauma para as fugas de acne pode piorar a acne ou causar cicatrizes. Ao lavar o rosto, use as mãos ou as almofadas de algodão, pois qualquer pele de algodão ou outro material de lavagem pode causar feridas na acne.
  • Se você precisa usar um hidratante, use apenas hidratantes leves, não comedogênicos, que não agravam a acne.
  • Se você é mulher, use uma base livre de óleo. A maquiagem pesada ou outros produtos cosméticos que bloqueiam os poros podem causar uma explosão da acne.

Limpeza Facial

Sintomas

A forma mais frequente é a acne juvenil que atinge cerca de 80% dos adolescentes. Ela se caracteriza, na maioria das vezes, por comedões abertos (cravos com pontos pretos no centro) ou fechados (pequenas espinhas de cor avermelhada ou esbranquiçada), presentes na pele. Você deve saber que poros abertos são negros por causa da oxidação na superfície dos lipídeos do sebo.

Em caso de acne, a pele pode ficar oleosa, mas isto não é regra para todos os tipo de acne.

Outras formas assumidas pela acne são:

  • Pápulas: são pequenas lesões inchadas avermelhadas presente nos folículos pilosos. Podem ser vermelhas e macias.
  • Pústulas: são lesões vermelhas, macias com presença de pus.
  • Nódulos: apresentam-se como lesões grandes, sólidas e dolorosas sob a superfície da pele. Os nódulos são formados pelo acúmulo de secreções no fundo dos folículos pilosos. Os nódulos podem afetar adolescentes com acne grave (acne grau IV), por exemplo sob a forma de acne chamada acne conglobata. Esses nódulos podem gerar cicatrizes.
  • Cistos: são lesões muito dolorosas, com nódulos abaixo da superfície da pele. Os cistos podem causar cicatrizes na pele. Elas são cheias de pus.

o que é acne

Tratamento

Nas acnes superficiais ou acnes não graves, um tratamento tópico é suficiente, assim como uma boa higiene, para limitar as bactérias da acne (de manhã e de noite, lavar bem os locais onde a acne poderia estar presente e utilizar um sabonete suave para peles sensíveis). Produtos livres de prescrição médica incluem cosméticos ou medicamentos que contenham enxofre, ácido salicílico, ácido lático, resorcinol e peróxido de benzoíla.

Podemos então constatar que os cuidados com a higiene são muito importantes, assim como a limpeza da pele com um sabonete suave, duas vezes ao dia, ou produtos que removem as células mortas, a serem utilizados de uma a duas vezes por semana (Normaderm® Gel de Vichy®).

Os medicamentos à base de peróxido de benzoíla são eficazes para tratar a acne vulgar benigna a moderada. Este produto tem um efeito antiacneico comprovado, graças a uma redução da formação de comedões e da produção de sebo. Ele permite também evitar o crescimento das bactérias da acne.

Observação: os medicamentos à base de peróxido de benzoíla contêm, como o próprio nome indica, um derivado peroxidado, que descolore os cabelos e, sobretudo os tecidos (toalhas, roupas, lençóis de cama, etc), portanto tome cuidado quando aplicar o produto, a fim de evitar essas ocorrências e gastos com roupas desnecessários! Na compra de um medicamento à base de peróxido de benzoíla, leia a bula e peça conselhos ao seu médico.

O ácido salicílico muitas vezes é utilizado topicamente contra a acne.

tratamento acne

Outro produto pode ser utilizado para tratar a acne: trata-se da motretinida em creme (que levará pelo menos de 6 a 8 semanas de tratamento para surtir efeito), produto particularmente eficaz contra os comedões.

Em caso de acne mais pronunciada e quando o dermatologista achar melhor, ele poderá prescrever também antibióticos de uso tópico, como a clindamicina. Neste caso é importante não se automedicar e consultar um médico, dermatologista ou clínico geral que poderá prescrever o remédio apropriado.

Outros produtos tópicos para a acne são os derivados retinóides da vitamina A, como tretinoína, adapaleno e tazoreteno. Eles funcionam pois aumentam a renovação celular e impedem a obstrução dos folículos. Outros antibióticos além da clindamicina também são indicados, como a eritromicina. A combinação da clindamicina e doperóxido de benzoíla é superior que o uso de cada um dos produtos individualmente.

Na acne grave (caracterizada, por exemplo, por febre e dores, inclusive nas articulações próximas das lesões cutâneas), uma consulta médica é bastante aconselhada. O dermatologista poderá prescrever, por exemplo, antibióticos a serem tomados por via oral (não tópico), da família dos tetraciclinas (doxiciclina, minociclina,…) ou antibióticos tópicos, derivados da vitamina A, em pomada ou em via oral (isotretinoína).

Para o tratamento de cicatrizes deixadas pela acne, diversas abordagens são indicadas como o peeling, dermoabrasão ou lixamento cirúrgico da pele, microdermoabrasão, terapia a laser, cirurgia plástica da pele, etc.

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda)
Loading...