Colágeno Hidrolisado e Natural, Conheça os Benefícios

colágeno

O colágeno é encontrado em alimentos como caldo de osso, e dentre seus principais benefícios está a melhora na saúde e aparência da nossa pele, por exemplo. Tanto o colágeno hidrolisado como o colágeno natural (gelatina) provêm da cozedura de ossos, peles e cascos de animais. As fontes dietéticas de uma gelatina de qualidade fornecem uma gama de nutrientes, mas seu consumo quase desapareceu na dieta moderna, apesar das gerações passadas terem consumido amplamente caldos, sopas e molhos com gelatina. Tais fontes de colágeno não somente são saborosa, como garantem uma refeição com perfil nutricional adequado.

O que é Colágeno Hidrolisado?

O colágeno hidrolisado nada mais é do que um suplemento dietético.  Ele é essencialmente gelatina, pois é capaz de proporcionar todos os benefícios que a gelatina oferece. Entretanto, ele é processado de uma forma que se dissolve em líquidos frios e quentes sem sofrer o processo de gelificação, sendo absorvido pelo organismo de forma mais rápida.

Colágeno Hidrolisado Vs. Colágeno Natural (Gelatina)

Tanto o colágeno hidrolisado como o colágeno natural (gelatina) são obtidos do mesmo ingrediente, o colágeno da carne bovina ou suína. Os dois produtos apresentam o mesmo perfil de aminoácidos. A diferença principal entre o colágeno hidrolisado e o colágeno natural é que o hidrolisado é mais facilmente absorvido e assimilado, já que ele não gelifica. Por outro lado, a gelatina pode ser usada em diversos pratos, como caldo de mocotó, gelatinas e pudins.

Colágeno Hidrolisado e Natural, Conheça os Benefícios

Ajuda a Equilibrar Hormônios: dos aminoácidos presentes no colágeno hidrolisado e na gelatina, 35% é glicina e 21% é prolina e hidroprolina. Tanto o colágeno hidrolisado como o natural são igualmente importantes, e os dois carecem do aminoácido triptofano. A alta porcentagem de glicina e prolina, assim como a falta de triptofano, ajudam no equilíbrio da ingestão de grandes quantidades de cisteína e triptofano presentes nas carnes musculares. Quando equilibrados, os aminoácidos desempenham um importante papel na taxa metabólica, função da tireoide e produção de hormônios.

Combing her hair to keep it healthy. Close-up of beautiful young woman brushing her long hair and looking away while standing against white brick wall

Uma vez que a gelatina não contém triptofano e pequenas quantidades de metionina, cisteína e histidina, ela pode ser consumida principalmente como proteína dietética, restringindo o consumo de aminoácidos que estão associados a diversos problemas de envelhecimento. Uma colher de sopa de colágeno hidrolisado fornece 7 gramas de gelatina.

Por ajudar a manter o triptofano equilibrado, a gelatina reduz o estresse metabólico do cortisol e contribui para a saúde da tireoide. Como o metabolismo e a tireoide andam de mãos dadas, a gelatina é capaz de aumentar o metabolismo, melhorando assim a função da tireoide.

Consumir quantidades equilibradas de gelatina pode desempenhar ações anti-stress, já que a glicina é um neurotransmissor inibitório, capaz de promover o sono natural. Quanto consumida em forma de suplemento, a glicina ainda ajuda a promover a recuperação de convulsões e derrames, melhorando a memória e a aprendizagem. Além disso, aparentemente ela desempenha a mesma ação calmante e anti-stress em todos os tipos de células.

Melhora a digestão: o caldo de ossos é fonte de coloides hidrofílicos em forma de gelatina, e os alimentos crus tendem a ser hidrofílicos, misturando-se facilmente aos sucos digestivos e contribuindo para uma digestão mais eficiente. Entretanto, ao se cozinhar os alimentos, muitas vezes acaba-se criando coloides hidrofóbicos, capazes de repelir o suco digestivo no estomago. Pelo colágeno hidrolisado e o colágeno natural permanecerem hidrofílicos, mesmo quando aquecidos, acabam ajudando na digestão dos alimentos cozidos.

gelatina

É essencial para o corpo: o colágeno beneficia toda a estrutura dos tecidos, desde unhas, cabelo, pele, músculos, cartilagens e tendões a até mesmo as paredes dos vasos sanguíneos. A deficiência de colágeno, por sua vez, leva ao envelhecimento precoce, flacidez e problemas visuais, enfraquecimento muscular, problemas com os tendões, ossos e cartilagens, como a artrose, a artrite e a osteoporose. Em casos mais graves, pode ocorrer a flacidez dos vasos sanguíneos, aumentando assim os problemas circulatórios e cardíacos.

Contribui para a elasticidade, regeneração e hidratação da pele: o consumo de colágeno é importantíssimo para a pele, pois confere firmeza e resistência à mesma. O colágeno também ajuda a regenerar e hidratar a pele, ajudando na prevenção das rugas.

colágeno hidrolisado e natural

Fortalece as unhas e os cabelos: por serem formados principalmente por proteínas, os cabelos e unhas são bastante beneficiados pelo colágeno, pois esta proteína ajuda na manutenção da estrutura das unhas e fios de cabelo, conferindo resistência e brilho a eles.

Aumenta a resistência dos ligamentos, tendões e cartilagens: o colágeno é a principal proteína de tais estruturas, sendo essencial para o fortalecimento e manutenção delas. A suplementação com colágeno hidrolisado é recomendada especialmente para os atletas.

Contribui para o emagrecimento: o consumo de colágeno hidrolisado em pó 30 ou 60 minutos antes das principais refeições contribui para o aumento da saciedade, ajudando no controle do apetite. Outro benefício do colágeno é que ele favorece o aumento da massa muscular naqueles que praticam atividades físicas, além de combater a flacidez da pele.

Ajuda a tratar a artrose: os benefícios do colágeno hidrolisado para pessoas que sofrem de artrose são reconhecidos pela medicina. O colágeno ajuda a melhorar a cartilagem de tais indivíduos, principalmente no início da doença.

benefícios-do-colágeno

Fontes de Colágeno

Há diversos alimentos que são fonte de colágeno, e seus consumos contribuem para a síntese de colágeno por parte do nosso organismo. Fontes de colágeno incluem as carnes vermelhas, carnes de aves, a clara do ovo, os peixes e os laticínios. A soja, a ervilha, a quinoa e a combinação de arroz e feijão também são excelentes fontes de proteínas, que podem contribuir para a produção de colágeno. A gelatina, tão falada no artigo, quando consumida regularmente pode estimular a síntese do colágeno.

O colágeno hidrolisado também é uma excelente fonte, já que é a versão mais biodisponível de colágeno. Os suplementos alimentares à base de colágeno, seja em forma de bala ou pó, também são uma boa opção para se consumir colágeno.

suplementos-de-colágeno

Consumo Diário de Colágeno

Para que todos os benefícios do colágeno natural sejam usufruídos, é recomendado o consumo diário de 10 gramas de colágeno hidrolisado, seja de colágeno em pó, seja em forma de cápsulas. O consumo regular de gelatina também é indicado para aqueles que querem usufruir dos benefícios do colágeno.

balas-de-colágeno

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...