Kiwi

A cor verde, o sabor ácido e exótico e a casca peludinha são características que tornam o kiwi uma fruta com particularidades bastante originais. Entretanto, a maior das particularidades do kiwi está no fato dele ser uma fruta rica em substâncias e benefícios que são fundamentais para a boa saúde. Dentre os principais benefícios do kiwi está a sua capacidade antioxidante, que combate os radicais livres – tão associados às diversas doenças crônicas.

A seguir você vai conhecer os diversos benefícios do kiwi proporcionados pelo seu consumo, e como utilizá-lo no dia a dia.

Os benefícios do kiwi

Benefícios do Kiwi


1- As enzimas do kiwi facilitam o processo da digestão

O kiwi, quando cru, apresenta actinídia em sua composição. A actnidia é uma enzima responsável pela dissolução das proteínas, ajudando o nosso organismo no processo da digestão dos alimentos. Esse efeito é semelhante ao que a papaína do mamão e a bromelina do abacaxi fazem.

2- Ele ajuda a manter a pressão arterial regularizada

O potássio, presente em grandes quantidades no kiwi, neutraliza os efeitos do sódio e mantém os electrólitos equilibrados.

3- O kiwi protege o ADN

De acordo com um estudo que Collins, Horska e Hotten realizaram, constatou-se que a combinação única dos antioxidantes presentes no kiwi ajuda na proteção do ADN das células contra os danos oxidativos. Ainda segundo alguns especialistas, esse fato pode ajudar na prevenção do câncer.

4- Ele reforça a nossa imunidade

Graças ao alto teor de vitamina C encontrado na fruta, somado ao fato dela possuir outros compostos que são antioxidantes, o kiwi é capaz de fortalecer o nosso sistema imunológico.

5- A fruta é eficiente na luta contra o peso

O kiwi possui alto teor de fibra e baixo índice glicêmico, fazendo dele um aliado para o emagrecimento, já que os seus hidratos de carbono são absorvidos pelo nosso organismo de uma maneira lenta. Ele também contribui para a diminuição da produção de insulina, levando o nosso corpo a armazenar menos gordura.

6- Ele melhora o sistema digestivo de maneira significativa

Por ser uma excelente fonte de fibras, o consumo regular de kiwi evita a obstipação e outros diversos problemas intestinais, uma vez que facilita o trânsito intestinal.

7-  O kiwi é um bom combatente de toxinas

O fato do kiwi apresentar alto nível de fibra em sua composição também contribui para a eliminação das toxinas presentes no trato intestinal, fazendo da fruta um bom combatente de toxinas.

8. Ele ajuda no combate das doenças cardíacas

O consumo diário de duas a três unidades da fruta contribui para a redução do potencial de coagulação até 18%, e os triglicéridos em até 15%. Apesar de existirem remédios que diminuem a coagulação do sangue, o consumo deles traz alguns efeitos secundários preocupantes, como o sangramento intestinal e inflamação. Consumir kiwi proporciona os mesmos benefícios que os medicamentos anti coagulantes, mas sem os preocupantes efeitos secundários. O alto teor de fibras solúveis presente no kiwi contribui para a diminuição da absorção do colesterol, aumentando a excreção dele através das nossas fezes.

O baixo índice glicêmico da fruta também diminui a produção de insulina. Já o seu poder antioxidante ajuda a proteger as gorduras plasmáticas do processo de oxidação. A soma desses fatores conferem ao kiwi uma ótima capacidade para diminuir os níveis de triglicerídios – que são as gorduras do sangue – além de contribuir na prevenção cardiovascular.

9- O seu consumo é apropriado para quem sofre de diabetes

No que diz respeito ao índice glicêmico, o kiwi se inclui na categoria baixa. Ele tem uma carga glicêmica de apenas 4, então o seu consumo não dispara o açúcar no sangue, sendo seguro e indicado para as pessoas diabéticas.

10- O kiwi nos protege da degeneração macular

A principal causa de perda de visão nas pessoas quando chegam à terceira idade é a degeneração macular. Segundo um estudo realizado com 110.000 homens e mulheres, o consumo diário de três ou mais pedaços de kiwi diminui em até 36% a degeneração macular. Os altos níveis de luteína e zeaxantina – químicos naturais que são encontrados nos nossos olhos – presentes no kiwi também contribuem positivamente na diminuição de possíveis problemas nos olhos.

11- O seu consumo proporciona o equilíbrio alcalino

O kiwi faz parte da categoria de frutas mais alcalinas, uma vez que ele é uma excelente fonte de minerais, substituindo o consumo em excesso dos alimentos ácidos feito por muitos de nós. O equilíbrio perfeito de alcalino e ácido do kiwi traz diversos benefícios para a gente, como peles mais jovens, sonos mais profundos e com mais qualidade, mais energia física disposição, menos constipações e redução de artrites e osteoporose.

12- O kiwi é excelente para a nossa pele

A vitamina E – antioxidante que retarda a degeneração da pele – é encontrada em abundância no kiwi, fazendo dele um excelente contribuinte de uma pele mais saudável.

13 – O seu sabor é exótico e a sua aparência é atraente

Diferente de muitas frutas convencionais, o kiwi se destaca por apresentar uma casca marrom com pequenos pelos. A sua cor verde no interior, somada às sementinhas e ao sabor ácido faz do kiwi uma fruta apreciada por muitos.

14 – Ele é naturalmente orgânico

O kiwi integra a lista dos frutos mais resistentes aos resíduos dos pesticidas. Isso significa que ele não é tão afetado pela presenta desses produtos que são nocivos para a nossa saúde. No ano de 2012, a fruta também encabeçou a lista dos 10 alimentos mais orgânicos. O ideal é que a gente apoie e consuma frutas, legumes e vegetais de produção biológica, mas isso nem sempre é possível. Portanto, é interessante e animador saber que o kiwi é naturalmente orgânico, não oferecendo grandes riscos à nossa saúde.

Fatos e curiosidades do kiwi

A origem do nome dessa fruta é um tanto curiosa. Na Nova Zelândia existe um pássaro chamado Kiwi. Ele é pequeno e não voa, possui um bico fino e comprido e uma penugem curta e marrom. Por apresentar certa “semelhança” com o animal, a fruta ganhou o mesmo nome.

Kiwis

Outra curiosidade sobre os kiwis é que nem todos eles são “fuzzy”. As espécies de kiwis mais conhecidas e populares têm o nome de Kiwi Fuzzy, mas há outras menos conhecidas, como o Kiwi Golden, cuja aparência possui uma casca de cor bronze e lisa. Esse tipo de kiwi também apresenta um sabor mais doce e aromático.

Fruta Kiwi

A origem dos kiwis remete à China, onde eles são populares consumidos há séculos. Entretanto, há 50 anos quase ninguém no ocidente conhecia essa fruta. Os Estados Unidos foram o primeiro país ocidental a comercializar os kiwis, em 1962. Desde então, a fruta foi bem aceita pelas pessoas daqui, ganhando uma rápida popularidade ao longo dos anos seguintes.

Os kiwis são frutos que crescem em qualquer região de clima temperado. Entretanto, grande parte deles é cultivada no Chile, na Itália e na Nova Zelândia. Os seus cultivos são como os das uvas.

Como consumir o kiwi

Para saber se o kiwi está bom para o consumo, pressione de leve a fruta. Se ela não ceder à pressão dos dedos, deixe-a na sombra, em temperatura ambiente, até ficar madura. É possível acelerar o processo de amadurecimento: coloque os kiwis dentro de um saco de papel juntos de uma pera, uma maçã ou uma banana.

Assim que o kiwi estiver maduro você deve mantê-lo longe das demais frutas, mesmo na geladeira, já que ele é uma fruta bastante sensível ao gás etileno que as outras frutas liberam. Isso pode fazer com que o kiwi amadureça demais.
Quando crus, os kiwis apresentam actinidia. Isso faz com que eles se tornem impróprios para o preparo de sobremesas e demais pratos que não têm consumo imediato, uma vez que o kiwi não dará consistência ao prato, tornando-o muito mole, sem definição.

Precauções com o kiwi

O oxalato é uma substância natural e que pode ser encontrada em diversas plantas e animais, e o kiwi é rico nela. O que acontece é que o oxalato, quando muito concentrado, acaba cristalizando, causando diversos problemas para a saúde. Indivíduos que possuem problemas nos rins ou na vesícula devem evitar o consumo da fruta. Porém, ainda não há um consenso sobre em quais quantidades o oxalato deve ser consumido para tornar o seu consumo impróprio, ainda mais o oxalato das plantas.

O kiwi também apresenta substâncias de enzimas em sua composição que estão associadas à síndrome da alergia ao látex dele. Se um indivíduo possui alergia ao látex, é possível que também tenha alergia ao kiwi. O gás etileno utilizado para o amadurecimento rápido do kiwi intensifica essas substâncias. Entretanto, o kiwi orgânico, tratado sem esse gás, apresenta menos compostos que são responsáveis pela alergia. Cozinhar o kiwi também elimina as enzimas.

Consideração finais

Para o equilíbrio nutricional e a boa saúde é importante que a gente consuma uma grande variedade de alimentos. Cada alimento tem a sua importância, as suas qualidade exclusivas e seus poderes únicos. Devemos ter uma grande variedade na nossa alimentação diária, para que todos os nutrientes essenciais para a nossa saúde sejam obtidos. Uma dieta equilibrada e saudável, aliada à prática de atividades físicas, é fundamental para que a gente possa levar uma vida mais plena e feliz.

Benefícios do Kiwi para a Saúde
5 (100%) 2 votos

Comente