Dor Abdominal

Neste texto estaremos tratando sobre um assunto que muitos conhecem, mas que a maioria das pessoas simplesmente não dão a devida importância. Estamos falando sobre as dores abdominais.

Muitas pessoas acabam não se importando com este tipo de dor, pois estão acostumadas a considerar que ela não representa nenhuma ameaça grave à saúde, visto que grande parte das dores abdominais estão relacionadas à má digestão, gases intestinais ou à menstruação feminina, contudo existem uma série de complicações que podem fazer muito mal à saúde e até mesmo levar à morte cujo primeiro sintoma é a dor abdominal.

Qualquer dor localizada nesta região deve ser tratada com a devida seriedade, visto que o abdômen, diferentemente dos nossos braços e pernas, é não somente o local mais desprotegido do corpo humano, como também onde se encontram boa parte dos órgãos vitais à nossa sobrevivência. Para ajudar a conscientização de todos, e ressaltar a importância de prestarmos atenção em toda e qualquer dor abdominal, estamos criando abaixo uma lista com 7 sinais de que a dor abdominal não está relacionada a gases, mas sim à problemas mais sérios.

Dor Abdominal


1 – Gastrite

Começando a nossa lista, um dos casos de dor estomacal que pode causar mal, e muito mal, à saúde se não for tratado em seu início, é a gastrite.

Para entendermos um pouco melhor, a gastrite é uma inflamação, irritação ou erosão do revestimento do estômago, a qual pode ocorrer de repente (aguda) ou gradualmente (crônica).

De forma simplificada, podemos dizer que são feridas, machucados localizados na parede do estômago e que causam dores, de moderadas à agudas, de acordo com o alimento que ingerimos, ou até mesmo por conta dos ácidos gástricos que acabam piorando o problema. Caso a gastrite não seja tratada, existe a possibilidade de que ela evolua para uma úlcera gástrica.

GASTRITE

2 – Cólica Renal

Para aqueles que acreditavam que a palavra cólica restringia-se apenas às mulheres, estamos falando agora de um tipo de cólica muito mais intensa e preocupante que pode afligir tanto homens como mulheres.

A cólica renal ocorre por um mal funcionamento dos rins, o qual não filtra corretamente a urina e acaba acumulando pequenas pedras em seu interior, pedras essas que enquanto permanecem no rim, dificilmente causam algum tipo de dor, entretanto quando começam a percorrer a uretra (caminho que interliga o rim e a bexiga), a dor pode se tornar tão intensa que algumas pessoas sequer conseguem andar.

Se você está sentindo alguma dor do lado esquerdo ou direito do abdômen, você pode estar sofrendo de cólica renal. Neste caso a melhor solução é tomar o remédio para dor mais forte possível e beber água, muita água mesmo, para auxiliar a saída da pedra, ou pedras, pelo sistema urinário.

3 – Pancreatite

A pancreatite é mais uma que está na lista de doenças que nem todos ouviram falar. De maneira simples e direta, a pancreatite é uma inflamação no pâncreas.

Para aqueles que não sabem, o pâncreas é uma glândula longa e plana que fica embaixo do estômago na parte superior do abdômen e é responsável por produzir enzimas que ajudam a digestão e hormônios que ajudam a regular a forma como seu corpo processa açúcar (glicose).

Quando as enzimas digestivas são ativadas enquanto ainda estão no pâncreas, isso acaba irritando as células do pâncreas e causando inflamação conhecida como pancreatite, inflamação esta que pode evoluir se não tratada devidamente podendo evoluir até a parada total do funcionamento do pâncreas.

PANCREATITE

4 – Cistite

A cistite é uma infecção urinária bastante comum, a qual refere-se especificamente a uma inflamação da parede da bexiga.

Embora a cistite não seja normalmente uma condição grave, pode ser desconfortável e levar a complicações se não for tratada.

A cistite geralmente ocorre quando a uretra e a bexiga, que são normalmente estéreis ou sem micróbio, ficam infectadas com bactérias, as quais se prendem ao revestimento da bexiga e fazem com que a área fique irritada e inflamada. Normalmente um antibiótico receitado pelo seu médico pode cuidar do problema.

5 – Hepatite

A Hepatite é uma doença bastante conhecida, principalmente por um de seus sintomas, o qual é a pele amarelada, contudo este não é o único sintoma. A inflamação da hepatite aguda pode causar um inchaço do fígado, provocando dor no mesmo.

As hepatites mais comuns são aquelas causadas pelos vírus A, B ou C, porém, podem surgir por várias outras causas, entre elas por intoxicação medicamentosa ou por álcool. A hepatite aguda costuma causar uma dor mal definida no hipocôndrio direito e está geralmente associada a presença de icterícia. Necessita monitoramento em setor de urgência e emergência.

HEPATITE

6 – Infecção intestinal

A manifestação mais comum é a cólica abdominal associada a diarreia e/ou vômitos. Se causada por vírus (maior parte dos casos), não requer tratamento específico. Se associada a evacuação com sangue ou febre, requer tratamento com antibióticos.

7 – Apendicite

A apendicite caracteriza-se por dor intensa que surge aos poucos, mas que em seu ápice chega a se tornar uma das dores mais intensas que alguém pode sentir, principalmente ao redor do umbigo, indo se localizar no quadrante inferior direito do abdome.

Uma das causas mais comuns da apendicite mais comuns é a entrada de fezes no apêndice ou o traumatismo direto no apêndice, causando sua ruptura ou impedindo o fluxo de sangue no local.

Para aqueles que sofrem de apendicite, é comum haver febre e vômitos associados. Necessita tratamento de emergência. Para tratar este problema, o apêndice deve ser retirado o mais rapidamente possível através de cirurgia indicada pelo médico, para evitar complicações mais graves como peritonite.

APENDICITE

7 Sinais de Que a Dor Abdominal Não Está Relacionada a Gases
4.9 (97.78%) 9 votos
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES
Cuide da sua saúde.
Receba nossos novos artigos em seu e-mail e fique sempre informado!

3 COMENTÁRIOS

  1. Essas coisas são informações que sercem apenas para da cuidado ao corpo, porém, se não tomar cuidado o pânico toma de conta da mente e vc não terá mais vida achando que tem coisa grave dentro de vc.

Comente