Vitamina b15

Vitamina B15

O ácido pangâmico, conhecido também como vitamina B15, apresenta controversa a respeito desta ultima designação. Sua inclusão na dieta não parece ser necessária, e a deficiência de tal substância não apresenta sintomas nem doenças, portanto, o consumo restringido do ácido pangâmico não é prejudicial à saúde. A maior parte das informações a respeito da vitamina B15 provém de pesquisas soviéticas e europeias.


Na União Soviética a vitamina B15 despertou grande interesse, e foi tida como um nutriente muito importante, desempenhando ações fisiológicas capazes de tratar uma série de doenças e sintomas. Cientistas soviéticos foram capazes de demonstrar que a suplementação de vitamina B15 contribui para a redução da formação de ácido láctico em pessoas que realizam intensas atividades físicas, ajudando a reduzir a fadiga muscular e a resistência ao aumento. Na União Soviética, a vitamina B15 foi bastante utilizada para tratar diversos problemas, como o alcoolismo e o consumo de drogas, bem como problemas mentais relacionados ao envelhecimento e senilidade, danos cerebrais em crianças, esquizofrenia, autismo, doenças do coração, pressão alta, diabetes, doenças de pele e envenenamento químicos, por exemplo.

Complexo B

Infográfico complexo B

Inclua o infográfico em seu site/blog copiando e colando o código:

GIF complexo B

Inclua o GIF em seu site/blog copiando e colando o código:

Funções e Benefícios da Vitamina B15

Absorvido no nosso intestino delgado, o ácido pangâmico é transportado para o fígado por meio da circulação, onde é metabolizado em sarcosina ou monomethyglycine, que por sua vez é convertida em glicina. Os benefícios da vitamina B15 incluem ampliação do tempo de vida das células, neutralização do forte desejo de ingerir bebidas alcoólicas, acelerar a recuperação do cansaço, baixar as taxas de colesterol no sangue, proteger dos poluentes, aliviar os sintomas de asma e angina, proteger o fígado contra a cirrose, impedir a ressaca, estimular respostas imunológicas e auxiliar o processo de sintetização das proteínas.

A vitamina B15 é o principal doador de metil, que contribui para a formação de determinados aminoácidos. Ela pode atuar na oxidação da glicose e na respiração celular. Devido a esta função, ela reduzi a hipoxia nos músculos cardíacos, dentre outros. O ácido pangâmico age ainda como um antioxidante que ajuda a prolongar a vida das células, protegendo-as da oxidação. Também acredita-se que esta substância proporciona excitação de forma moderada aos sistemas nervosos e endócrinos, o que contribui para o processo de desintoxicação.

Apesar de parte dessas contribuições não ser comprovada, há relatos sobre a vitamina B15 oferecer benefícios para o combate de diversos problemas, tais como doenças, sintomas e problemas metabólicos. Ela ainda pode ser útil no combate de sintomas como angina, enxaquecas e dor no tórax, insônia, brevidade da respiração e estresse. Ainda foi mostrado que a vitamina B15 ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue, o que é bom para o combate de problemas cardiovasculares e para a redução das doenças do coração. Ela também pode contribuir para uma melhor oxigenação e circulação geral de tecidos e celas, além de ser útil para o combate da arteriosclerose e hipertensão.

Na Europa, a vitamina B15 foi utilizada no tratamento do envelhecimento prematuro, já que ela incentiva a circulação e desempenha um efeito antioxidante. Ela também parece ser capaz de nos proteger de contaminantes, principalmente o monóxido de carbono. Deste modo, a vitamina B15 contribui especialmente para aqueles que vivem em cidades grandes e poluídas.

Vitamina-B15

A vitamina B15 oxigena o sangue e melhora a sua circulação. Deste modo, os nutrientes vitais podem ser levados para o corpo inteiro. Ela também ajuda a abastecer mais oxigênio, principalmente para os músculos cardíacos. Associada com a vitamina B17, a vitamina B15 libera cianeto apenas no local onde há o câncer, destruindo as células cancerígenas, além de nutris os tecidos que não são cancerígenos. As propriedades antioxidantes da vitamina B15 faz com que ela seja elogiada por ser capaz de oferecer proteção aos poluentes do ar urbano, como visto anteriormente. Ela também aumenta a vida útil das células e estimula a resposta do sistema imune, possibilitando um aumento no mesmo, controla os níveis de colesterol no sangue, protege o fígado da devastação causado pelo álcool, evita ressacas, cura a fadiga e ajuda na regulação dos hormônios. A vitamina B15 também parece oferecer uma suave estimulação aos sistemas nervoso e endócrino, reforçando a função hepática, o que contribui para o processo de desintoxicação.

Na Rússia, o amplo uso de vitamina B15 tratou problemas de álcool e reduziu o seu consumo. Ela também foi utilizada naquele país para o tratamento de reumatismo e asma. Psiquiatras infantis constataram bons resultados nas crianças transtornadas que fizeram uso da vitamina B15. Ela também ajuda a estimular a habilidade da fala, dentre outras funções mentais, além de ser útil na amenização dos problemas do autismo.

Apesar de mais estudos serem necessários para validar a eficácia de todos os benefícios atribuídos à vitamina B15, ela é bastante consumida como suplemento nutricional que beneficia a nossa saúde.

Deficiência e Toxicidade

A vitamina B15 não apresenta efeito tóxico, mesmo quando consumida em alta quantidade. Porém, há relatos da ocorrência de náusea moderada no início do uso de níveis altos da vitamina, que passam em alguns dias.

A deficiência de vitamina B15, por sua vez, não parece ter sua ausência na dieta sentida, mas é possível que ocorra a diminuição da oxigenação e das funções circulatórias. Quando há diminuição de oxigênio na célula, as demais funções celulares podem sofrer influência, o que pode afetar o coração.

Consumo e Fontes de vitamina B15

Fontes-Vitamina-B15

São fontes de vitamina B15 a levedura de cerveja, o arroz integral, os grãos, os cereais integrais, semente de abóbora, a semente de gergelim e a semente de sésamo. Quando expostos à água e luz solar direta, estes alimentos podem sofrer redução de vitamina B15.

Atualmente, a distribuição de vitamina B15 é ilegal nos Estados Unidos, apesar dela ter sido utilizada como suplemento na década de 70. O ácido pangâmico tinha como forma mais comum o pangamato de cálcio. Hoje, entretanto, a forma mais comum é glycine de dimethyl (DMG), possivelmente o mesmo componente ativo que a União Soviética utilizava.

A quantidade comum de DMG é entre 50 e 100 mg, e pode ser ingerida duas vezes ao dia. Isto possibilita um melhor nível de energia, além de contribuir para o sistema imune e os efeitos causados pelo consumo de álcool.

Vitamina B15: Benefícios e Alimentos que a Contém
4.5 (90%) 4 votos

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES
Cuide da sua saúde.
Receba nossos novos artigos em seu e-mail e fique sempre informado!

Comente