Perguntas e Respostas Sobre a Pílula do Dia Seguinte

pílula do dia seguinte

O Que é a Pílula do Dia Seguinte

Os contraceptivos de emergência geralmente são chamados de pílula do dia seguinte. Eles foram inventados exatamente para isso, para serem consumidos na manhã seguinte ao ato sexual, quando a gravidez não é algo planejado. Os acidentes acontecem em todos os setores da vida e com o sexo não é diferente. Deste modo, a pílula do dia seguinte oferece uma segunda chance para prevenir a gravidez após relações sexuais desprotegidas.

Uma pílula do dia seguinte geralmente contém hormônios que são semelhantes aos contraceptivos orais, mas são muito mais elevados. Isso funciona principalmente interrompendo ou atrasando os ovários de liberar um óvulo. Também pode funcionar alterando o revestimento do útero, que pode impedir a implantação de um óvulo fertilizado. Para a melhor chance de isso funcionar, você deve tomar a pílula do dia seguinte o mais rápido possível após o sexo desprotegido. Idealmente, você deve consumi-la até 12 horas depois de ter tido relações sexuais desprotegidas, mas se a pílula for usada mais de 24 horas após o sexo desprotegido, seu efeito é muito menos eficaz. Depois de usar contracepção de emergência, você deve usar outra forma de contracepção para o resto do seu ciclo para se proteger se você não quiser engravidar.

o que é a pílula do dia seguinte

Como Usar a Pílula do Dia Seguinte

Os anticoncepcionais de emergência não são como os outros métodos anticoncepcionais. A pílula do dia seguinte nunca deve ser a contracepção que você escolhe usar regularmente, não é um método que você escolhe e diz “eu acho que este é o único método funcional para mim, eu vou levar 10 unidades, por favor”. A pílula do dia seguinte é um método de emergência para situações de emergência, uma vez que o preservativo rompeu ou não tenha sido usado, ou o diafragma escorregou ou outros acidentes genuínos ou circunstâncias imprevistas. Se você está passando por alguma dessas situações, visite imediatamente o seu médico para obter mais conselhos. Não se esqueça de se testar para as doenças sexualmente transmissíveis também.

óvulos e espermas

Prós e Contras da Pílula do Dia Seguinte

Como qualquer outro medicamento, a pílula do dia seguinte tem seus prós e contras:

Prós:

  • A pílula do dia seguinte ajuda a prevenir a gravidez após o sexo desprotegido ou alguma falha na prevenção da gravidez
  • O uso da pílula do dia seguinte é mais efetivo somente quando usado dentro de 12 horas após o sexo desprotegido

Contras:

  • A pílula do dia seguinte contém uma alta dose de hormônios em uma única pílula
  • Usá-la repetidamente pode interromper o ciclo menstrual natural
  • O medicamento causar dor de cabeça, náuseas, vômitos, dor abdominal, dor menstrual, cansaço, tonturas, fadiga
  • A pílula do dia seguinte não protege contra a infecção pelo HIV (AIDS) e outras doenças sexualmente transmissíveis (DST)

relações sexuais

As Principais Perguntas e Respostas Sobre a Pílula do Dia Seguinte

A seguir, confira as principais perguntas e respostas sobre a pílula do dia seguinte:

Quanto tempo após eu Ter feito relações sexuais desprotegidas posso tomar a pílula do dia seguinte?

– A pílula do dia seguinte deve ser tomada dentro de 72 horas (três dias) após o sexo desprotegido. Quanto mais cedo for o seu usado, mais eficaz será o seu efeito. A pílula do dia seguinte é mais eficaz quando tomada dentro de 12 horas após o sexo desprotegido.

Posso usar a pílula do dia seguinte com outra formas de contracepção (por exemplo, se eu esqueci de tomar minha pílula anticoncepcional?)

– Sim, você pode usar a pílula do dia seguinte se algo deu errado com sua forma usual de contracepção, por exemplo, uma pílula esquecida ou um preservativo que estourou

A pílula do dia seguinte protege uma mulher da gravidez por quanto tempo?

– As mulheres que tomam pílula do dia seguinte devem entender que podem engravidar na próxima vez que faça, sexo, a menos que comecem a usar outro método de contracepção ao mesmo tempo. Como as pílulas do dia seguinte atrasam a ovulação em algumas mulheres, estas podem ser mais férteis logo após consumirem pílula do dia seguinte. Se a mulher quiser uma proteção contínua contra a gravidez, ela deve começar a usar outro método contraceptivo ao mesmo tempo.

óvulo

É seguro usar a pílula do dia seguinte mais de uma vez por mês?

.A administração repetida dentro de um ciclo menstrual não é aconselhável devido à possibilidade de perturbação do ciclo. A pílula do dia seguinte não deve ser usada como uma forma de contracepção regular, e não é tão eficaz quanto outras formas de contracepção hormonal especificamente feitas para uso regular – é apenas destinado a um “back-up”.

A pílula do dia seguinte interrompe uma gravidez já existente?

A pílula do dia seguinte não funciona se uma mulher já está gravida. Quando ingerida antes que uma mulher tenha ovulado, a pílula do dia seguinte impede a liberação de um óvulo do ovário ou atrasa sua liberação em 5 a 7 dias. Até então, qualquer esperma no aparelho reprodutivo da mulher morrerá, uma vez que o esperma pode sobreviver por apenas cerca de 6 dias.

As mulheres devem usar a pílula do dia seguinte como um método comum de contracepção?

Não. Quase todos os outros métodos contraceptivos são mais eficazes na prevenção da gravidez. Uma mulher que usa a pílula do dia seguinte regularmente para contracepção é mais provável que tenha uma gravidez não desejada do que uma mulher que usa outro contraceptivo regularmente. Ainda assim, as mulheres que utilizam outros métodos de contracepção devem saber sobre a pílula do dia seguinte, bem como quando e como usá-la como, por exemplo, se um preservativo romper.

medication; Shutterstock ID 113451310

A pílula do dia seguinte me causará um aborto?

Não, a pílula do dia seguinte contém apenas uma combinação de estrogênio e progestina ou progestina, e funciona retardando ou inibindo a ovulação. Portanto, não é um método de aborto.

A pílula do dia seguinte causa defeitos congênitos e pode prejudicar o feto caso a mulher esteja grávida?

Uma boa evidência mostra que a pílula do dia seguinte não causa defeitos congênitos nem prejudica o feto se a mulher já estiver grávida, ou caso a pílula não previna a gravidez.

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda)
Loading...