A fibromialgia é um distúrbio que provoca dores e dores em todo o corpo. Pessoas com fibromialgia também têm “pontos sensíveis” em todo o corpo. Pontos delicados são locais específicos no pescoço, ombros, costas, quadris, braços e pernas que machucam quando a pressão é colocada sobre eles.

Quais são os sintomas da fibromialgia?

Fibromialgia

Além da dor, as pessoas com fibromialgia também podem ter:

  • Problemas cognitivos e de memória (às vezes chamados de “fibro fog”)
  • Dificuldade para dormir
  • Rigidez matinal
  • Dores de cabeça
  • Síndrome do intestino irritável
  • Períodos menstruais dolorosos
  • Dormência ou formigueiro das mãos e pés
  • Síndrome das pernas inquietas
  • Sensibilidade à temperatura
  • Sensibilidade a ruídos altos ou luzes brilhantes

O que causa a fibromialgia?

As causas da fibromialgia não são conhecidas. Pesquisadores acreditam que vários fatores podem estar envolvidos. A fibromialgia pode ocorrer sozinha, mas também está relacionada a:

  • Ter uma história familiar de fibromialgia
  • Estar exposto a eventos estressantes ou traumáticos, como:
  • Acidentes de carro
  • Lesões no corpo causadas pela execução repetida da mesma ação (chamadas lesões “repetitivas”)
  • Infecções ou doenças
  • Sendo enviado para a guerra

Como a fibromialgia é tratada?

A fibromialgia pode ser difícil de tratar. É importante encontrar um médico que tenha tratado outros com fibromialgia. Muitos médicos de família, clínicos gerais ou reumatologistas podem tratar a fibromialgia. Reumatologistas são médicos que tratam artrite e outras condições que afetam as articulações e tecidos moles.

O tratamento geralmente requer uma abordagem de equipe. A equipe pode incluir seu médico, um fisioterapeuta e possivelmente outros profissionais de saúde. Uma clínica de dor ou reumatologia pode ser um bom lugar para se receber tratamento. O tratamento para fibromialgia pode incluir o seguinte:

Manejo da dor. Três medicamentos foram aprovados. Estes são pregabalina (Lyrica), duloxetina(Cymbalta) e milnacipran (Savella). Outros medicamentos estão sendo desenvolvidos e também podem receber aprovação do FDA no futuro. Seu médico também pode sugerir analgésicos não narcóticos, antidepressivos de baixa dosagemou outras classes de medicamentos que possam ajudar a melhorar certos sintomas.

Gerenciamento do sono. Conseguir a quantidade certa de sono à noite pode ajudar a melhorar seus sintomas. Aqui estão algumas dicas para um bom sono:

  • Mantenha hábitos regulares de sono. Tente ir para a cama ao mesmo tempo e levantar-se à mesma hora todos os dias – mesmo nos finais de semana e férias.
  • Evite cafeína e álcool no final da tarde e à noite.

Tempo seu exercício. Exercícios diurnos regulares podem melhorar o sono noturno. Mas evite o exercício dentro de 3 horas antes de dormir, o que pode ser estimulante, mantendo-o acordado.

Evite sonecas durante o dia. Dormir à tarde pode interferir no sono noturno. Se você acha que não pode passar sem um cochilo, defina um alarme por 1 hora. Quando ele se apaga, levante-se e comece a se mover.

Reserve sua cama para dormir. Assistir ao noticiário tardio, ler um romance de suspense ou trabalhar em seu laptop na cama pode estimulá-lo, dificultando o sono.

Mantenha seu quarto escuro, calmo e frio.

Evite líquidos e refeições picantes antes de dormirAzia e passeios noturnos até o banheiro não levam a um bom sono.

Enrole antes de dormir. Evite trabalhar até a hora de dormir. Faça atividades relaxantes, como ouvir música suave ou tomar um banho quente, para se preparar para dormir. (Um banho quente também pode aliviar os músculos doloridos.)

Apoio psicológico. Viver com uma condição crônica pode ser difícil para você. Se você tem fibromialgia, encontre um grupo de apoio. Sessões de aconselhamento com um conselheiro treinado podem melhorar sua compreensão da sua doença.

Outros tratamentos. Terapias complementares podem ajudá-lo. Converse com seu médico antes de tentar qualquer tratamento alternativo. Esses incluem:

  • Fisioterapia
  • Massagem
  • Terapia de liberação miofascial
  • Terapia da água
  • Aeróbica leve
  • Acupressão
  • Aplicando calor ou frio
  • Acupuntura
  • Ioga
  • Exercícios de relaxamento
  • Técnicas de respiração
  • Aromaterapia
  • Terapia cognitiva
  • Biofeedback
  • Ervas
  • Suplementos nutricionais
  • Osteopático ou quiropraxia manipulação

O fazer para diminuir os sintomas?

Além de tomar medicamentos prescritos pelo seu médico, há muitas coisas que você pode fazer para diminuir o impacto da fibromialgia em sua vida. Esses incluem:

Dormir o suficiente. Dormir o suficiente e o tipo certo de sono pode ajudar a aliviar a dor e a fadiga da fibromialgia. A maioria dos adultos precisa de sete a oito horas de sono “restaurador” por noite. O sono restaurador deixa você se sentindo bem descansado e pronto para o seu dia começar quando você acordar. É difícil para as pessoas com fibromialgia terem uma boa noite de sono. É importante discutir qualquer problema de sono com seu médico, que pode recomendar tratamento para eles.

Exercício. Embora a dor e a fadiga possam dificultar o exercício e as atividades diárias, é crucial ser o mais fisicamente ativo possível. A pesquisa mostrou repetidamente que o exercício regular é um dos tratamentos mais eficazes para a fibromialgia. As pessoas que têm muita dor ou fadiga para fazer exercícios pesados ​​devem apenas começar a se movimentar mais e se tornar mais ativas nas atividades diárias de rotina. Então eles podem começar com a caminhada (ou outro exercício suave) e construir sua resistência e intensidade lentamente.

Fazendo mudanças no trabalho. A maioria das pessoas com fibromialgia continua a trabalhar, mas elas podem ter que fazer grandes mudanças para fazê-lo. Por exemplo, algumas pessoas reduzem o número de horas de trabalho, mudam para um trabalho menos exigente ou adaptam um trabalho atual. Se você enfrentar obstáculos no trabalho, como uma cadeira desconfortável que deixa suas costas doendo ou dificuldade para levantar caixas ou arquivos pesados, seu empregador pode fazer alterações que lhe permitirão manter seu emprego. Um terapeuta ocupacional pode ajudá-lo a projetar uma estação de trabalho mais confortável ou encontrar formas mais eficientes e menos dolorosas de se levantar. Diversas leis federais protegem os direitos das pessoas com deficiência.

Comendo bem. Embora algumas pessoas com fibromialgia relatem sentir-se melhor quando comem ou evitam certos alimentos, nenhuma dieta específica provou influenciar a fibromialgia. Naturalmente, é importante ter uma dieta saudável e equilibrada. Não só a nutrição adequada lhe dará mais energia e fará com que você se sinta melhor, mas também ajudará a evitar outros problemas de saúde.

A fibromialgia vai melhorar com o tempo?

A fibromialgia é uma condição crônica, o que significa que dura muito tempo – possivelmente uma vida inteira. No entanto, pode ser reconfortante saber que a fibromialgia não é uma doença progressiva. Isso nunca é fatal e não causará danos às articulações, músculos ou órgãos internos. Em muitas pessoas, a condição melhora com o tempo.

O que é Fibromialgia, Sintomas, Tratamentos, Cura e Mais
5 (100%) 1 voto

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES
Cuide da sua saúde.
Receba nossos novos artigos em seu e-mail e fique sempre informado!

1 COMENTÁRIO

  1. Bom dia!
    Achei a matéria ótima. Foram claros nas explicações e tiraram algumas
    dúvidas que tinha.
    Em alguns aspectos me tranquilizou.
    Muito obrigada.

Comente