Exercícios para Hérnia de Disco

hérnia-de-disco

Exercícios para Hérnia de Disco

O exercício é um componente comum do tratamento de disco com hérnia. Tomar uma abordagem proativa para sua recuperação com atividade física reduzirá sua dor e ajudará a garantir a saúde a longo prazo de suas costas.

Uma hérnia de disco pode exigir 1 ou 2 dias de descanso para aliviar a dor. No entanto, você deve resistir à tentação de se deitar na cama por muitos dias de cada vez porque seus músculos precisam de condicionamento para ajudar o processo de recuperação. Se você renunciar ao exercício e à atividade física, seu corpo pode não responder ao tratamento tão bem quanto possível.

Benefícios dos Exercícios para Hérnia de Disco

O exercício é uma forma eficaz de fortalecer e estabilizar os músculos lombares e para reavivar lesões e dor. Músculos fortes suportam seu peso corporal e ossos, levando a pressão desnecessária da coluna vertebral.

Mas mesmo que você tenha músculos fortes para suportar suas costas, você deve perder peso para realmente apoiar sua coluna vertebral. Carregar todo esse peso extra constantemente estica suas costas – você praticamente está fazendo levantamento pesado o tempo todo! Perder peso reduzirá sua dor e promoverá a saúde das suas costas. Se você precisa perder peso, fale com você sobre as opções.

lombar

Exercícios para Hérnia de Disco: Quais os Mais Indicados

Você não precisa suportar um programa de cardio intenso ou levantar pesos pesados ​​- alongamento simples e exercícios aeróbicos podem efetivamente controlar sua dor de disco herniada.

Praticar atividades como yoga e pilates melhora a força e a flexibilidade e oferecem alívio da dor aguda na perna e nas costas baixas.

Seu médico também pode prescrever exercícios dinâmicos de estabilização lombar. Este programa apresenta exercícios que forçam os músculos abdominal e das costas para abordar a postura, a flexibilidade e a força.

Atividades aeróbicas moderadas, incluindo caminhadas, ciclismo e natação, também ajudam a aliviar a dor. Algumas atividades aeróbicas podem ser mais adequadas à sua condição específica. Fale com o seu médico sobre quais exercícios o ajudarão melhor.

Ao iniciar um programa de exercícios aeróbicos, comece lento – talvez 10 minutos no primeiro dia – e gradualmente aumente seu tempo todos os dias. Eventualmente, você deve apontar para 30 a 40 minutos de atividade 5 dias por semana.

O exercício pode ser uma maneira agradável e satisfatória de tratar os sintomas associados a uma hérnia de disco. Você e seu médico podem trabalhar juntos para desenvolver um programa com o qual você pode manter e reduzir sua dor. Em última análise, o exercício irá ajudá-lo a se sentir melhor e deve ajudar a aliviar a dor de uma hérnia de disco.

Terapia Física para Hérnia de Disco

A terapia física muitas vezes desempenha um papel importante na recuperação de disco herniátrico. Seus métodos não só oferecem alívio imediato da dor, mas também ensinam como condicionar seu corpo para evitar novos ferimentos.

Existem várias técnicas de fisioterapia. Os tratamentos passivos relaxam seu corpo e incluem massagem de tecido profundo, terapia a quente e fria, estimulação elétrica (por exemplo, TENS) e hidroterapia.

Seu programa de fisioterapia geralmente começará com tratamentos passivos. Mas uma vez que seu corpo cura, você iniciará tratamentos ativos que fortalecerão seu corpo e evitarão mais dor. Seu fisioterapeuta trabalhará com você para desenvolver um plano que melhor se adapte a você.

yoga

Tratamentos Físicos Passivos para Hérnia de Disco

Massagem nos tecidos profundos: existem mais de 100 tipos de massagem, mas a massagem nos tecidos profundos é uma opção ideal se você tem uma hérnia de disco porque usa uma grande pressão para aliviar a tensão e os espasmos musculares profundos, que se desenvolvem para evitar o movimento muscular da área afetada.

  • Terapia quente e fria: as terapias quentes e frias oferecem seu próprio conjunto de benefícios, e seu fisioterapeuta pode alternar entre eles para obter os melhores resultados.
    Seu fisioterapeuta pode usar calor para aumentar o fluxo sanguíneo para a área alvo. O sangue ajuda a curar a área fornecendo oxigênio extra e nutrientes. O sangue também remove subprodutos de resíduos de espasmos musculares.

    Por outro lado, a terapia a frio (também chamada de crioterapia) diminui a circulação. Isso reduz a inflamação, espasmos musculares e dor. Seu fisioterapeuta pode colocar um pacote de gelo na área alvo, dar-lhe uma massagem com gelo ou até mesmo usar um spray conhecido como fluorometano para esfriar os tecidos inflamados.

  • Hidroterapia: como o nome sugere, a hidroterapia envolve água. Como um tratamento passivo, a hidroterapia pode envolver simplesmente sentado em um banho de hidromassagem ou um banho quente. A hidroterapia alivia suavemente a dor e relaxa os músculos.
  • Estimulação elétrica transcutânea do nervo (TENS): uma máquina TENS usa uma corrente elétrica para estimular seus músculos. Parece intenso, mas na verdade não é doloroso. Eletrodos gravados em sua pele enviam uma pequena corrente elétrica para pontos-chave na via nervosa. TENS reduz os espasmos musculares e geralmente acredita-se que desencadeie a liberação de endorfinas, que são os analgésicos naturais do seu corpo.
  • Tração: o objetivo da tração é reduzir os efeitos da gravidade na coluna vertebral. Ao puxar suavemente os ossos, a intenção é reduzir a hérnia do disco. A analogia é muito parecida com um pneu furado “desaparecendo” quando você coloca um macaco embaixo do carro e tira a pressão do pneu. Pode ser realizada na coluna cervical ou lombar.

hérnia-de-disco-imagem

Tratamentos Ativos que Você Pode Tentar em Terapia Física

Os tratamentos ativos ajudam a resolver a flexibilidade, a postura, a força, a estabilidade do núcleo e o movimento das articulações. Um programa de exercícios também pode ser prescrito para obter resultados ótimos. Isso não só reduzirá a dor recorrente, mas também beneficiará sua saúde geral. Seu fisioterapeuta trabalhará com você para desenvolver um programa com base em seu diagnóstico específico e histórico de saúde.

  • Estabilidade do abdome: muitas pessoas não percebem o quão importante é um abdome forte para a saúde da coluna vertebral. Os músculos do seu núcleo (abdominal) ajudam os músculos das costas a suportar a coluna vertebral. Quando seus músculos do núcleo são fracos, ele coloca pressão extra nos músculos das costas. Seu fisioterapeuta pode ensinar-lhe exercícios de estabilização do núcleo para fortalecer suas costas.
  • Flexibilidade: aprender técnicas adequadas de alongamento e flexibilidade irá prepará-lo para exercícios aeróbicos e de força. A flexibilidade ajuda seu corpo a se mover mais fácil, evitando a rigidez.
  • Hidroterapia: ao contrário de simplesmente sentar-se em uma banheira de hidromassagem ou banho como sua contraparte passiva, a hidroterapia ativa pode envolver aeróbica aquática para ajudar a condicionar seu corpo sem estresse desnecessário.
  • Fortalecimento muscular: músculos fortes são um ótimo sistema de apoio para a coluna e melhoram a dor.

Seu fisioterapeuta irá ensinar-lhe formas de condicionar e fortalecer suas costas para ajudar a prevenir dor no futuro. Você pode aprender princípios de autocuidado para que você entenda como tratar melhor seus sintomas. O objetivo final é que você desenvolva o conhecimento para manter um estilo de vida livre de dor.

É essencial que você aprenda a exercitar e condicionar suas costas após a finalização da terapia física formal. Se você não implementar as lições que aprendeu durante a fisioterapia, você não apreciará seus resultados a longo prazo. Ao cuidar de suas costas por conta própria, você pode evitar mais dor de disco com hérnia.

exercícios-para-hérnia-de-disco

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda)
Loading...