Como Tirar Água do Ouvido

Ouça este artigo:

É comum – principalmente na época de verão – que a gente fique com água presa nos ouvidos, seja durante o banho, seja quando estamos nadando na piscina. A sensação é desagradável, e pior: muitas vezes nós não sabemos o que fazer para tirar aquela água que está presa. Além da sensação que incomoda, há também o fator de risco à saúde, uma vez que, caso a água não saia sozinha nem seja removida, é possível que uma infecção se desenvolva nos nossos ouvidos internos e no canal auditivo.

Para o nosso alívio, remover a água do ouvido não é tão difícil como às vezes parece, e isso pode ser feito em casa. Porém, caso o tratamento caseiro não funcione, é importante que a gente consulte um profissional da área da saúde o mais urgente possível, para não dar chance à infecção se desenvolver.

 

Como Tirar Água do Ouvido: Tratamentos Caseiros

Existem diversas maneiras de tirar a água do ouvido, uma das principais é inclinar a cabeça com o ouvido para baixo e fazer uma pressão com a mãos como se você um desentupidor.
Confira algumas das principais maneiras de tirar a água do ouvido:

Água no ouvido o que pode e o que não pode fazer

Água no ouvido

Inclua o infográfico em seu site/blog copiando e colando o código:

Solução de Vinagre e Álcool

Um dos tratamentos caseiros mais utilizados em casa para tirar água do ouvido é fazer uso de uma solução composta por meia medida de vinagre e meia medida de álcool isopropílico. Essa solução não apenas extrai a água que está presa nos nossos ouvidos, como também é capaz de impedir que ocorra uma infecção neles. Para fazê-la é simples: a gente deve fazer uma solução composta de 50% vinagre branco e 50% de álcool isopropílico. Feito isso, devemos pingá-la com cuidado em nossos ouvidos por algumas vezes, utilizando para isso um conta-gotas. O excesso deve ser retirado de forma cuidadosa.

Essa solução é capaz de proporcionar esse efeito porque o seu ácido, quando aplicado nos ouvidos, decompõe o cerúmen – ou a cera de ouvido – que muitas vezes é a responsável pela água estar presa no canal auditivo. Já o álcool presente na mistura é capaz de acelerar o processo de evaporação da água.
Cuidado: pessoas que têm o tímpano perfurado não devem fazer uso desse método.

Vácuo no Ouvido

Orelha pedindo pra fazer vácuo

Outro método para tirar água do ouvido que pode ser feito por nós em casa é o método do vácuo no ouvido. Para isso, devemos inclinar o ouvido que está com água para baixo e tapá-lo com a palma da mão. Em seguida, devemos pressionar a palma suavemente, fazendo movimentos para dentro e para fora, como se fosse um desentupidor, até que a água comece a sair do ouvido. Isso é possível porque esse movimento que a gente faz acaba criando uma sucção que é capaz de puxar a água para fora, fazendo com que ela saia na própria palma. É importante destacar que o ouvido nunca deve estar inclinado para cima, e sim para baixo, caso contrário é capaz que a água entre ainda mais para o canal do ouvido.

O vácuo também pode ser feito de outra maneira, inclinando o ouvido para baixo, mas ao invés de se utilizar a palma da mão, usa-se o dedo, que deve ser pressionado com cuidado e de maneira rápida no ouvido afetado. Geralmente a água sai fácil. Porém, esse método não é um dos mais recomendados, uma vez que ele pode arranhar o nosso canal auditivo, facilitando o desenvolvimento de uma infecção. Para que o método do vácuo com o dedo não ofereça riscos à nossa saúde, é importante que as nossas mãos estejam limpas e que as nossas unhas estejam devidamente cortadas.

Secador de Cabelos

Pode parecer inusitado, mas o uso do secador para tirar a água do ouvido é eficaz, e esse método é aprovado por algumas pessoas que o fizeram. Ele é bastante simples, basta que a gente configure o secador para o aquecimento mais baixo, mantendo-o a 30 cm de distância da cabeça. Em seguida, o ar deve ser direcionado para o ouvido até que a gente sinta que a água saiu. Para que esse método seja feito de maneira segura, é importante que a gente tome cuidado para não usá-lo com o ar muito quente ou muito próximo do ouvido, caso contrário é possível que ocorram queimaduras.

Ainda utilizando o secador, também é possível que a gente o use na abertura da orelha, ao invés do ar direcionado para o ouvido. O ar quente do secador faz com que a água que está presa evapore e consequentemente saia do ouvido.

Fazendo uso de Medicamentos

A gente pode encontrar à venda, em diversas farmácias, certos medicamentos que podem ser comprados sem prescrição e que agem de maneira satisfatória na remoção da água. Geralmente eles contém álcool em suas composições, que, como visto anteriormente, evapora a água. A gente deve pingar o remédio no ouvido afetado e inclinar a cabeça para baixo, proporcionando que a água possa sair. Caso haja necessidade, podemos pedir a ajuda de alguém para a aplicação dos medicamentos.

Secando com Pano

Em certas ocasiões, é possível retirar a água do ouvido utilizando-se um pano. Para isso, devemos secar a orelha com ele e limpá-la com uma toalha macia, possibilitando que parte da água seja absorvida. Em seguida, devemos inclinar o ouvido para baixo, no pano, até que toda a água saia. Não devemos apertar o pano para dentro do ouvido, pois isso pode fazer com que a água volte para dentro do canal, ao invés de sair.

Inclinando a Cabeça

Esse é um método caseiro bastante utilizado. A gente deve ficar de pé e inclinar a cabeça para o lado, virada para o chão, e permanecer assim até que a água saia do ouvido. Dar pulos em um pé só também pode ajudar a água a sair.

Outra coisa que a gente pode fazer é puxar o lóbulo da orelha, alargando o canal, assim como puxar a parte de cima da orelha para o lado da cabeça, facilitando a saída da água.

Deitando de Lado

Deitar de lado também é um método caseiro tradicional. A gente deve deitar na cama com o lado do ouvido afetado para baixo, de preferência com a cabeça apoiada em um travesseiro, e permanecer nessa posição por alguns minutos. Isso faz com que a água saia do ouvido após um tempo, salvas algumas exceções. Caso a gente sinta que ainda há água no ouvido durante a noite, nós devemos permanecer com ele inclinado para baixo enquanto dormimos, pois as chances da água sair durante a noite, enquanto dormimos, aumentam.

Mastigando

Fingir que estamos mastigando algo é uma técnica que pode ajudar a tirar a água do ouvido. Isso porque ao simularmos que estamos mastigando algum alimento, mexemos os ossos da mandíbula que se localizam ao redor das orelhas. Devemos inclinar a cabeça para o lado do ouvido que não está com água e, em seguida, inclinar para o outro lado de maneira rápida.

Mascar chiclete também pode proporcionar o deslocamento da água, uma vez que esse movimento ajuda a liberar a água do ouvido. Podemos mascar o chiclete enquanto a nossa cabeça está inclinada com o lado do ouvido com água para baixo, aumentando assim as chances dessa técnica funcionar de maneira eficaz.

Bocejando

Sim, é possível tirar a água do ouvido bocejando. Como? Isso devido ao fato de que muitas vezes a água presa no ouvido está em forma de bolha. Ao realizarmos os movimentos de bocejo, a bolha de água que está presa pode estourar, possibilitando assim a saída do líquido que incomoda tanto. Muitas vezes é possível que a gente sinta a água se movimentando e, em seguida, saindo.

GIF dicas para remover água do ouvido

Inclua o GIF em seu site/blog copiando e colando o código:

Como Tirar Água do Ouvido: Buscando Auxílio Médico

água do ouvido

Apesar da água no ouvido ser um problema comum e que incomoda muitas pessoas, nem sempre os métodos caseiros conseguem resolver o impasse. Às vezes a gente até pensa que a água saiu, mas ela continua lá, e isso pode ser perigoso, uma vez que facilita o desenvolvimento de infecções que podem se agravar.

Caso o ouvido que tem/teve água parada começar a doer, é fundamental que a gente busque a orientação de um profissional da saúde. Uma infecção no ouvido às vezes pode até dar a falsa sensação de que ainda tem água presa no ouvido.

A dor que ocorre após a água ficar presa no ouvido pode ser um sinal de que uma infecção conhecida popularmente como Otite de Nadador tenha se desenvolvido. É importante que a gente consulte imediatamente um médico ao surgirem os seguintes sintomas:

  • Secreção de cor amarelada ou esverdeada que sai do ouvido, muitas vezes com um mal cheiro.
  • Dores de ouvido que se intensificam quando puxamos a orelha.
  • Perda gradual de audição.
  • Coceira persistente no ouvido e no canal auditivo.

Prevenindo o Problema da Água no Ouvido

É possível que a gente evite que possíveis riscos de água no ouvido. Algumas pequenas atitudes no dia a dia são capazes de evitar o problema, como:

– Secar as orelhas após nadarmos. Quando entramos na água – tanto do mar como de piscina – ou até quando tomamos banho, devemos nos atentar aos ouvidos, mantendo eles secos. Enxugar a água da orelha e da região externa do ouvido com uma toalha limpa e seca faz com que a gente evite o problema. Para tirar o excesso de água, basta inclinarmos a cabeça para um lado e para o outro, repetindo o movimento algumas vezes. Certas pessoas correm mais riscos de água entrar no ouvido, dependendo do formado dele, e os cuidados por parte delas devem ser dobrados.

– Os cotonetes, assim como quaisquer hastes flexíveis, não devem ser usados para a limpeza dos ouvidor. Apesar do cotonete ser amplamente utilizado por pessoas que querem limpar ou remover água e cera, na verdade o seu uso não ajuda, mas atrapalha. Isso porque, ao invés dele tirar a água ou a cera, o efeito é contrário, muitas vezes empurrando os resíduos e o líquido para dentro do canal do ouvido. Também é comum que pessoas arranhem o interior do ouvido ao manipularem o cotonete. Lenços de papel também devem ter seus usos evitados para essa finalidade.

cotonete

– Devemos evitar o uso de protetores auriculares quando o ouvido estiver com água presa, assim como o uso de bolinhas de algodão. O uso desses objetos enquanto dormimos pode causar efeitos negativos iguais aos do cotonete, como empurrar a água ou algum resíduo para o fundo do canal do ouvido. Caso a gente sinta dor no ouvido ou tenha sensação de água presa nele, portanto, não devemos usar esses objetos até que o problema seja resolvido. Os fones de ouvido também devem ter seu uso evitado enquanto os sintomas persistirem.

Dicas e Cuidados

  • Não devemos cutucar nem coçar o interior dos ouvidos, para evitarmos o desenvolvimento de possíveis infecções.
  • Devemos ter cuidados para não machucarmos os ouvidos.
  • Em diversas farmácias nós podemos encontrar um produto exclusivo para a remoção de água nos ouvidos, cuja composição é de 95% álcool. Ele é mais eficaz e mais barato do que usar apenas água.
  • Assoar o nariz gera uma mudança na pressão do ar, facilitando a saída da água que está presa no ouvido.
  • Podemos despejar uma tampinha cheia de álcool isopropílico no ouvido que está com água, com a orelha para cima. Em seguida, devemos inclinar a cabeça com o lado do ouvido afetado para baixo. Geralmente a água sai em seguida.
  • Realizar movimentos com a cabeça para um lado e para o outro de maneira rápida facilita a saída da água.
  • Nunca devemos inserir objetos estranhos nos nossos ouvidos. Cotonetes e outros produtos similares podem levar ao acúmulo de resíduos no fundo do canal auditivo, aumentando os problemas e até mesmo as chances de possíveis arranhões acontecerem na pele, causando infecções.
  • O álcool isopropílico é de exclusivo uso tópico, não podendo ser ingerido. Caso alguém ingira, devemos ligar imediatamente para a emergência.
  • É comum que o uso de álcool isopropílico cause um pouco de ardência na região da pele em que ele foi aplicado.

Prevenir água no ouvido

Considerações Finais

Nós esperamos que os métodos e dicas desse artigo esclareçam a todos como tirar água do ouvido. Caso nenhuma das orientações seja eficiente você deve consultar um médico. A saúde é coisa séria.

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...