O Zinco e sua Importância

benefícios-do-zinco

Introdução

Melhore todos os aspectos da sua saúde e bem-estar, certificando-se de obter zinco suficiente em sua dieta. Muitas pessoas sabem da importância do zinco para o fortalecimento da imunidade devido às suas propriedades, mas este mineral é realmente uma fonte de benefícios para a saúde.

zinco

Em uma revisão sobre a importância do zinco, os cientistas afirmaram que o zinco é um elemento tão crítico na saúde humana que mesmo uma pequena deficiência é um desastre. A seguir, conheça mais sobre o zinco e sua importância à saúde.

O Zinco e sua Importância

O zinco é tão importante por ser encontrado em todos os tecidos do corpo e está diretamente envolvido na divisão celular. Ele é um poderoso antioxidante, ajudando a prevenir o câncer, mas o zinco também está diretamente envolvido na manutenção dos níveis ideais de hormônios.

A deficiência de zinco faz homens e mulheres ficarem inférteis e causas baixa libido. A baixa presença de zinco no organismo também exacerba os efeitos do estresse sobre o corpo e acelera o envelhecimento.

Pilates class outdoors

Além disso, o zinco em níveis adequados é necessário para o bom desempenho físico, níveis de energia e composição corporal. O zinco afeta a síntese de proteínas e é necessário para o bom funcionamento dos glóbulos vermelhos e brancos do sangue. Ele é altamente concentrado em nossos ossos, pâncreas, rins, fígado e retina.

Este artigo vai lhe dar as dez principais razões pelas quais você deve atender aos seus níveis de zinco. Esteja ciente de que a deficiência de zinco não é apenas prevalente em indivíduos desnutridos ou em países em desenvolvimento. Em vez disso, é difundida nos Estados Unidos e no Reino Unido, e é particularmente comum em áreas onde a população come uma grande quantidade de cereais e proteínas de grãos.

Grupos com Maior Risco de Deficiência de Zinco

A deficiência de zinco ocorre pelo baixo consumo de alimentos ricos em zinco. O zinco é encontrado em grandes concentrações na carne, alguns mariscos e ostras contêm a maior concentração de todos os alimentos conhecidos e laticínios.

ostras-zinco

Grãos integrais e leguminosas contêm zinco, mas a presença de fitatos em alimentos vegetais torna o zinco inacessível pelo nosso organismo. Os vegetarianos estão em maior risco de deficiência de zinco, mas os alcoólatras e as pessoas com problemas digestivos também são altamente suscetíveis.

Tomar medicamentos pode produzir deficiência de zinco e baixos níveis de quase todos os nutrientes essenciais. Mulheres que estão consumindo pílula anticoncepcional ou passando por terapia de reposição hormonal estão em maior risco de deficiência. Deste modo, o zinco e sua importância são fundamentais nesta fase da mulher.

Sintomas de Deficiência de Zinco

A deficiência de Zinco produz um sentido alterado do paladar que faz com que os alimentos fiquem mais doces. A deficiência também pode ser indicada por diarreia, baixa energia, fadiga crônica, infertilidade, má imunidade, má memória, incapacidade de focar, sintomas ADD, cicatrização lenta, disfunção nervosa e zumbido nos ouvidos.

sintomas-da-leucemia

Tome nota de que os sintomas podem estar presentes, mas por eles serem tão diversos e associados a outras condições de saúde, muitas vezes é difícil fazer a ligação à deficiência de zinco sem um teste.

Melhora o Desempenho Atlético e a Força

O zinco adequado afeta diretamente o desempenho atlético e o desenvolvimento da força do treinamento porque desempenha um papel preliminar na produção do hormônio. As pesquisas mostram que a presença de cinco disponível no corpo permite uma liberação mais robusta de testosterona, hormônio do crescimento e insulina. Sem estes, o desempenho atlético e a capacidade da força são reduzidos.

Um estudo recente destaca o impulso que o aumento dos níveis de zinco pode dar à produção de testosterona após o exercício. Os pesquisadores descobriram que dar aos atletas treinados um suplemento de zinco durante quatro semanas antes de um teste de exercício exaustivo resultou em uma maior resposta pós-treino de testosterona do que um placebo.

atividade-física

Os pesquisadores observam que o zinco aumenta a taxa de conversão de androstenediona para testosterona, e que unido à prática de exercícios de alta intensidade, ele permite que o corpo produza testosterona em uma taxa ainda maior.

Não só os níveis de zinco saudáveis permitirão desempenho e desenvolvimento muscular em homens e mulheres, o impulso de hormônio pós-treino pode melhorar a recuperação de treinamento também. E, como você verá abaixo, ter zinco suficiente lhe dará mais energia e melhorar o metabolismo.

Fortalece a Saúde Reprodutiva a Fertilidade Masculinas

O zinco é um mineral crítico para níveis robustos de testosterona, e as células da próstata masculina requerem uma concentração muito alta de zinco para que funcionem de forma ideal. Baixa presença zinco nos homens prejudica a produção de testosterona, coloca-os em risco de desenvolver câncer de próstata e provoca infertilidade. O zinco inadequado também tem sido associado à baixa libido.

Um estudo recente de 88 homens com idade entre 40 e 60 anos mostrou que aqueles com níveis normais de testosterona tinham significativamente mais zinco em comparação com aqueles com baixos níveis de testosterona. A baixa presença de zinco foi diretamente correlacionada com baixos níveis de testosterona, o que colocou os homens em maior risco de sintomas de menopausa masculina.

fertilidade-zinco

Igualmente importante, o zinco é usado para produzir enzimas que iniciam a divisão celular, mas o tecido da próstata masculino requer mais zinco do que outras células do corpo para se manter saudável. Níveis adequados de zinco na próstata protegem as células de danos, inflamação e desenvolvimento de câncer. Além disso, uma vez que as células da próstata são danificadas e se tornam cancerosas, elas não têm a capacidade de acumular zinco, levando a uma maior propagação de células cancerosas que produzem tumores.

Pesquisadores afirmam que o zinco é um tratamento promissor contra o câncer e que a suplementação regular quando os homens são saudáveis, sem evidência de câncer, é a melhor prevenção. Eles também sugerem que o zinco pode prevenir cânceres relacionados, como ovário, mama e colorretal.

Apoio à Saúde Reprodutiva Feminina e à Fertilidade

Nas mulheres, o Zinco e sua importância têm envolvimento no processo de crescimento do oócito ou ovo. Se as mulheres são deficientes de zinco, o óvulo não vai amadurecer adequadamente e a ovulação será impedida, causando infertilidade.

Zinco em níveis adequados permite que as mulheres usem estrogênio e progesterona eficientemente, apoiando a saúde reprodutiva e garantindo que o estrogênio faça o que é suposto fazer no corpo. Quando os níveis de estrogênio se tornam muito altos, ou são metabolizados de forma ineficiente, podem causar problemas de saúde reprodutiva e câncer de mama.

Previne o Câncer e Estimula a Função Imunológica

Níveis de zinco adequados podem ajudar a curar um número dos mais graves problemas de saúde, especialmente câncer e má função imunológica.

saúde

Junto com o câncer de próstata, a deficiência de zinco desempenha um papel no desenvolvimento da maioria dos cânceres, uma vez que ele é fundamental na proliferação de células saudáveis. Evidências recentes ligam a deficiência de zinco aos cânceres de mama, cólon, ovários, pulmões, pele e leucemia.

A deficiência de zinco afeta profundamente o sistema imunológico, porque a deficiência de zinco produz um declínio direto e rápido na função das células T. As células T elevam o sistema imunológico do corpo quando surgem vírus, bactérias ou desafios à saúde.

As pessoas mais velhas estão em maior risco de deficiência de zinco, que não é pensada estar ligada somente à má ingestão dietética. Há evidências de que a necessidade de mais zinco pode aumentar com a idade para combater a inflamação, apoiar o sistema imunológico e garantir a função das células saudáveis.

Melhora a Saúde Cardiovascular

O zinco é vital para manter a saúde das células cardiovasculares e do endotélio. O endotélio é a fina camada de células que reveste os vasos sanguíneos e desempenha um papel importante na circulação. O zinco em pouca quantidade pode causar uma deficiência na barreira endotelial, o que leva a um elevado acúmulo de colesterol e inflamação. O colesterol e a inflamação, por sua vez, aumentam o risco de doença cardíaca.

zinco-e-sua-importância

Os estudos mostram que o status pobre do zinco pode amplificar os efeitos cardiovasculares negativos de uma dieta gorda, elevando o colesterol, visto que um consumo adequado do zinco terá um efeito protetor e inibe a progressão da doença cardíaca. A população idosa é especialmente suscetível ao acúmulo de marcadores inflamatórios, incluindo proteínas C-reativas e citocinas, que foram chamadas de “assassinos lentos e silenciosos”.

Previne o Diabetes

O zinco é necessário para a função saudável da maioria dos hormônios, incluindo a insulina. O zinco adequado desempenha pelo menos três papéis na saúde da insulina. Primeiro, o zinco liga-se à insulina de modo que a insulina é adequadamente armazenada no pâncreas e liberada quando a glicose entra na corrente sanguínea.

Em segundo lugar, o zinco melhora a saúde celular, constituindo um componente das enzimas necessárias para que a insulina se ligue às células para que a glicose possa entrar e ser usada como combustível. O processo de ligação da insulina à célula é o que é referido com o termo “sensibilidade à insulina” e significa que a célula é receptiva à insulina.

bem-estar-zinco

Uma vez que a insulina se liga à célula, ela “abre a porta” para que a glicose possa entrar. Se a célula é resistente à insulina, a glicose permanecerá na corrente sanguínea, causando alto nível de açúcar no sangue e, em última instância, levando o ganho de gordura. Quando a concentração de zinco cai, há uma redução na secreção de insulina e sensibilidade à insulina periférica, que se persistente, levará ao diabetes.

Em terceiro lugar, o zinco tem efeitos anti-inflamatórios através de seu papel na abolição de marcadores inflamatórios, tais como proteínas C-reativas. Zinco também ajuda a se livrar de substâncias que causam inflamação nas células, ajudando a preservar a saúde celular e sensibilidade à insulina.

Um estudo recente de crianças escolares espanholas encontrou uma relação direta entre baixos níveis de zinco, maior teor de gordura corporal e resistência à insulina. As crianças classificadas como deficientes em zinco apresentaram menor sensibilidade à insulina e maior intolerância à glicose (uma medida relacionada aos níveis de açúcar no sangue persistentes) do que aquelas cujo nível foi adequado.

beautiful young girl training yoga near a lake

Obtenha os Efeitos Antioxidantes do Zinco

O zinco é um excelente antioxidante. O objetivo de um antioxidante é se livrar de radicais livres que causam danos às células do corpo por ligação com eles e neutralizá-los. O zinco é particularmente bom para combater o efeito prejudicial de ferro de alta. Zinco também combatem os radicais livres, que causam inflamação em todo o corpo.

 Previne a Doença de Alzheimer e Promove a Saúde do Cérebro

Os super efeitos antioxidantes do zinco permitem que ele efetivamente ajude o corpo a eliminar metais pesados ​​do cérebro para que eles não acumulem no tecido e causam danos. Ele também ajuda a manter a homeostase celular das células cerebrais. Esta combinação ajuda a prevenir a neurodegeneração e o desenvolvimento da doença de Alzheimer.

saúde-cerebral-zinco

 Melhora o Sono, Cognição e Níveis de Energia

O Zinco desempenha um papel essencial na função neurotransmissor e ajuda a manter a cognição. É necessário no metabolismo da melatonina, que é um hormônio-chave para o sono saudável.

Além disso, o zinco regula a dopamina, um neurotransmissor energizante que lhe dá condução e foco. O zinco também é parte de uma enzima que é necessária para o anabolismo de ácidos graxos na membrana cerebral. Isto é muito importante porque uma parte chave de apoio à saúde do cérebro e à cognição garante que a membrana obtenha os nutrientes de que necessita.

vigor-físico-zinco

O zinco é um mineral comumente ignorado para o tratamento de TDAH. Estudos mostram crianças com TDAH tendem a ter menor zinco do que crianças saudáveis. Ainda mais promissor, um estudo realizado com 400 crianças com diagnóstico de TDAH descobriu que tomar 150 mg / dia de sulfato de zinco melhorou o comportamento social prejudicado e tornou os indivíduos menos hiperativos e impulsivos do que um placebo.

Eleva o Humor e Evitar a Depressão

A relação exata entre a deficiência de zinco e a depressão é desconhecida, no entanto, certamente tem a ver com o papel do zinco no neurotransmissor e produção hormonal. A produção de dopamina, que é parcialmente regulada pelo estatuto de zinco, é um produto químico que aumenta a energia, o humor e a aprendizagem orientada por recompensas.

A má saúde da insulina ou baixos níveis de testosterona podem levar a problemas de saúde que aumentam as taxas de depressão e baixa energia. Jogue no poder antioxidante do zinco a sua capacidade de se livrar de biomarcadores inflamatórios, como proteína C-reativa e fator de necrose tumoral (causa danos celulares), e é razoável para garantir a ingestão de zinco adequado no tratamento da depressão.

bom-humor-zinco

Um novo estudo no Journal of Affective Disorders mostrou que a deficiência de zinco pode afetar a depressão em mulheres mais do que homens. As mulheres neste estudo que já estavam usando antidepressivos e tinham baixos níveis de zinco tinham um risco cinco vezes maior de depressão em curso. Pensa-se que a relação de gênero entre o baixo teor de zinco e a depressão está relacionada ao modo como o zinco influencia os níveis de energia e a produção do hormônio estrogênio.

Nas mulheres, o estrogênio está envolvido na produção de serotonina – o neurotransmissor que faz as pessoas se sentirem bem – e a suplementação de zinco pode aumentar a densidade de receptores de serotonina no cérebro.

Como Testar o Nível de Zinco

Antes que você comece a ingerir o zinco aleatoriamente, tome nota que há um limite superior ao zinco dietético. A toxicidade do zinco tem produzido saúde imune e infertilidade pobres, assim como baixos níveis de zinco.

felicidade