Cocaína(Pó): Conheça os Efeitos e Dependências

efeitos-da-cocaína

Introdução

A cocaína, droga ilícita e que estimula o sistema nervoso central, é uma das drogas mais produzidas e consumidas no Brasil e em outras partes do mundo. O pó branco e cristalino da droga, chamado hidroclorido de cocaína, é extraído da folha de coca (Erythroxylum coca), planta nativa da América do Sul.

Geralmente a cocaína é consumida via aspiração nasal, apesar dela também ser consumida injetada diretamente na corrente sanguínea.

Além das substâncias extraídas das folhas da coca, os laboratórios clandestinos adicionam produtos químicos à pasta base, tais como soda cáustica, querosene, carbonato de amônio e ácido sulfúrico. A partir da basta base não somente é produzida a cocaína em pó, como também o crack e uma droga conhecida como “bazuca” ou “merla”. Até chegar à forma de pó, a pasta de cocaína sofre outros processos químicos. À cocaína em pó são adicionadas substâncias diversas, como procaína, lactose, talco, ácido acetilsalicílico, pó de mármore, pó de gesso e pó de giz, dentre outros componentes prejudiciais à saúde.

dependência-de-cocaína

A seguir, conheça mais sobre a cocaína, seus efeitos e dependências.

Cocaína(Pó): Conheça os Efeitos e Dependências

A cocaína é Viciante?

A cocaína é uma das drogas mais abusadas na América e em outras partes do mundo, de acordo com um artigo do site eMedicine Health. A cocaína é viciante? Apesar da opinião popular muitas vezes afirmar o contrário, sim, a cocaína é altamente viciante. Embora esta droga possa não causar o mesmo tipo de sintomas de abstinência física como outras drogas, ela tem poderosas qualidades viciantes psicológicas. A cocaína tem um prazo relativamente curto, o que geralmente deixa o usuário desejando mais.

Entendendo a Dependência e a Tolerância à Cocaína

Usuários regulares de cocaína podem achar que rapidamente se tornam tolerantes aos efeitos eufóricos da droga. Isso significa que eles vão precisar consumir mais e mais cocaína para produzir os mesmos efeitos. Um aumento do uso da droga é geralmente uma indicação sólida de que uma pessoa está sofrendo de dependência de cocaína. A dependência física ocorre quando uma pessoa começa a contar com a droga para funcionar corretamente. Este tipo de dependência também é caracterizado por um desejo intenso de cocaína, fadiga e aumento do apetite. Os sintomas da dependência psicológica são geralmente ilustrados por uma grande mudança na personalidade de uma pessoa. A cocaína também se torna a sua principal prioridade e eles podem deixar de lado outras atividades que costumavam realizar no passado. A pessoa que consome cocaína também pode tornar-se obcecada com a certeza de que ela sempre tem quantidades suficientes da droga.

cocaína-e-efeitos

A cocaína pode influenciar em como uma pessoa se sente emocionalmente, bem como mudar a maneira de como os usuários pensam. De acordo com o site CESAR, a cocaína inicial dura cerca de 15 minutos. A cocaína afeta o sistema nervoso, bem como o cérebro, o que significa que cada usuário de cocaína provavelmente tem uma experiência única.. Sentimentos de intenso prazer e completa euforia são os mais comuns descritos pelos usuários de cocaína. Esta é uma razão pela qual as pessoas se tornam viciadas tão rapidamente. Um aumento na autoconfiança e consciência social também são efeitos comuns, com as pessoas instantaneamente tornando-se mais falantes e empolgadas. O efeito de queda da cocaína começa assim que os efeitos da droga começam a se dissipar. Esta recaída é frequentemente longa e pode deixar uma pessoa se sentindo cansada, esgotada e deprimida. Este estado mental pode durar dias. Esta é outra razão que faz com que os usuários queiram consumir cada vez mais cocaína. Uma vez que os efeitos colaterais da cocaína possam ser assustadores, uma pessoa pode estar muito assustada para procurar aconselhamento ou ajuda.

cocaína-em-pó

Retirada e Desintoxicação

Se uma pessoa viciada em cocaína de repente para de consumir a droga, ela certamente começará a sentir sintomas de abstinência. Os sintomas mais comuns sofridos pelas pessoas durante a sua retirada da cocaína são ânsias graves, falta de energia, ansiedade e explosões inexplicadas de raiva. Dependendo da gravidade do vício, os sintomas de abstinência físicas podem durar um relativamente curto período de tempo. Diferentes usuários de cocaína também são suscetíveis de experimentar diferentes sintomas físicos. No entanto, os sintomas de abstinência psicológica podem durar muito mais tempo. Isso ocorre porque o cérebro da pessoa foi treinado para confiar na cocaína para sentimentos de prazer. Uma pessoa também pode acreditar que a cocaína a torna mais atraente para o sexo oposto ou apenas para outras pessoas em geral. Uma pessoa viciada em cocaína também terá de lidar com sugestões sociais, que são pessoas e lugares onde o uso de cocaína é comum, encorajando a pessoa a usar cocaína novamente As pessoas raramente conseguem parar de usar cocaína sem algum tipo de ajuda profissional, seja através de um médico, hospital ou centro de reabilitação. As chances de uma recuperação bem sucedida são muito mais elevadas se a pessoa está sob a supervisão de profissionais de dependência de cocaína.

Tratamento para a Dependência de Cocaína

Uma pessoa que procura tratamento de abuso de cocaína vai descobrir que os usuários têm um número de opções disponíveis para eles. Algumas dessas opções se concentram em ajudar uma pessoa a manter um estilo de vida livre de drogas, enquanto outras seguem um programa de 12 passos usando abstinência para tratar eficazmente a pessoa. Aconselhamentos sobre drogas, centros de reabilitação residencial e supervisionada, terapia de grupo e programas supervisionados de retirada domiciliar também são amplamente oferecidos. Antes de selecionar um programa, uma pessoa precisa ser avaliada por um profissional médico. Esta avaliação assegura que o tratamento recebido é o mais adequado às suas necessidades individuais.

usuário-de-cocaína

Terapia motivacional e cognitiva já provou ser bem sucedida no tratamento de pessoas que sofrem de dependência de cocaína. Ensinar as pessoas uma nova maneira de pensar, bem como ajudá-las a formar estratégias de enfrentamento é uma parte importante da recuperação. Os profissionais também irão identificar situações favoráveis ao uso da droga , ajudando os usuários a compreenderem como certas pessoas, lugares ou coisas são mais propensas a fazê-los usar cocaína. Isso ajuda a pessoa a entender o que ela precisa evitar para ficar limpa.